Música

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

Vídeos

Notícias principais - Google Notícias

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Problemas, problemas e mais problemas


Eu ouço pessoas reclamando que andam cheias de problemas. Algumas me perguntam: todos têm problemas, você por acaso também não os têm? A minha resposta é sempre a mesma – “Coloquei meus problemas num bolso furado” ou “eu fujo dos meus problemas e a melhor maneira de fugir dos meus problemas é resolvendo-os”.
Essas pessoas na verdade não têm problemas, elas são os problemas. O que é pior – não se conformam com o problema em si, transformam as soluções num problema maior ainda. Por isso que vivem dando cabeçadas pela vida. Nunca acertam o passo. Essas pessoas vivem morrendo a cada dia numa espécie de suicídio lento e gradativo. São pessoas azaradas, carregadas de uma espécie de energia negativa. Nada para elas dá certo, nada funciona, tudo em que elas metem a mão vira um problemão. Não são pessoas alegres não sabem o que é viver, não sabem o que é o amor.
Os problemas acontecem para que você possa conquistar o mérito e a alegria de ter sabido perseverar. Sempre me senti feliz por estar vivo: apesar da guerra, das más notícias, não sou capaz de matar em mim a simples alegria de viver. É exatamente isso que essas pessoas fazem - matam nelas próprias a alegria de viver. Dizia um sábio que as desgraças eram covardes, pois nunca se via uma sozinha. Felizmente, não duram para sempre. É isso mesmo. Nada é para sempre, tudo é passageiro, porque tudo nessa vida passará. Como uma pedra que você joga ao mar: a água se agita durante um tempo e depois tudo vai acalmando e volta a se estabilizar
Se quiseres que o sol entre na tua casa, abra as janelas. As coisas podem não ser tão boas quanto esperamos, mas também não são tão ruins quanto tememos.
Sucesso é ... ter consciência de que viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como você encara os problemas é que faz a diferença. Se realmente entendemos o problema, a resposta virá dele, porque a resposta não está separada do problema. Todo mundo que sobrevive na adversidade tem algo de inteligente. Uma das definições de inteligência é a capacidade de resolver problemas na vida cotidiana. Encare os problemas como oportunidades para o crescimento e o autodomínio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.