Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quinta-feira, 20 de março de 2014

ESPAÇOS COM PISCINAS TERÃO QUE TER DISPOSITIVO CONTRA SUCÇÃO

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (20/03), em primeira discussão, o projeto de lei 1.270/12, de autoria do deputado Gilberto Palmares (PT), que altera a lei 5.837/10, que dispõe sobre a obrigatoriedade de colocação de dispositivos para interromper o processo de sucção em piscinas. O texto altera os artigos primeiro e segundo da referida lei, obrigando clubes sociais e esportivos, condomínios, hotéis, academias, sociedades recreativas, associações e colégios, onde haja piscinas de uso coletivo, obrigados a colocarem dispositivos que interrompam o processo de sucção dos equipamentos da piscina, manual e automaticamente.
Os dispositivos deverão apresentar condições de interrupção manual instalada em local de fácil alcance para os usuários, inclusive para crianças e portadores de deficiência locomotora. O local também deverá estar sinalizado com placas. As piscinas, inclusive as já construídas, deverão ter, além do dispositivo, equipamentos que interrompam o processo automaticamente, sempre que as linhas hidráulicas de sucção se encontrarem parcial ou totalmente obstruídas. “É a segunda maior causa de morte na infância. Por isso, torna-se imperativa e improrrogável ação de regulamentação de piscinas, obrigando a colocação de dispositivos para interromper o processo de sucção”, diz Palmares.
 
Fernanda Galvão Diretoria Geral de Comunicação Social da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro 2588-1153 / 99433-3994 / 99726-0409 / 98890-6652

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.