Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

MODELO DE ENSINO DE JOVENS E ADULTOS É ELOGIADO EM AUDIÊNCIA

O presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Comte Bittencourt (PPS), elogiou a metodologia de ensino da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj), para o ensino de jovens e adultos. O modelo de ensino foi apresentado pelo presidente da fundação, Carlos Bielchowsky, nesta quarta-feira (19/02), na Alerj. Para Comte, o projeto exerce papel fundamental na inserção de jovens e adultos no mercado de trabalho.“Os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) avançaram na metodologia de ensino e hoje oferecem um material pedagógico adequado ao jovem e adulto que busca essa forma de ensino. O estado está dando um avanço significativo na qualificação de educação básica, fundamental e médias nas unidades do Ceja”, disse Bittencourt.
A gestão dos Centros de Estudos de Jovens e Adultos (Cejas) foi transferida, em dezembro de 2011, da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) para a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect). A fundação assumiu as 60 escolas e hoje conta com 40 mil alunos. Durante a reunião, Bielchowsky apontou as principais mudanças ocorridas nesses últimos anos. “Estamos com uma linguagem mais dialógica com os alunos e a nossa metodologia de ensino está mais adaptada à realidade dos estudantes dos Cejas. Estamos também introduzindo novas tecnologias, como a internet, no nosso dia a dia, além de trabalhar muito nas habilidades, competências e linhas de conteúdo. Isso está expresso no material didático”, afirmou.
 O presidente da fundação anunciou que nove novas unidades serão inauguradas no estado ainda este ano. “A primeira será na Rocinha, em São Conrado, na zona Sul da capital. Essas unidades darão ao aluno a possibilidade de fazer os ensinos fundamental, médio, graduação e pós-graduação em um mesmo lugar. Esse é um modelo que permite mais flexibilidade ao aluno que trabalha o dia todo e que dar continuidade aos seus estudos”, destacou. As deputadas Inês Pandeló (PT) e Clarissa Garotinho (PR) também participaram da audiência.



(Texto de Vanessa Schumacker)



Fernanda Galvão
Diretoria Geral de Comunicação Social 
da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro
2588-1153 / 99433-3994 / 99726-0409 / 98890-6652

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.