Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Eu não queria a juventude assim perdida.../ Huayrãn Ribeiro

Essa frase (o título desse texto) eu ouvi na música de Taiguara e há muito que não me sai da cabeça. Tenho pensado bastante nessa frase e acompanhando atentamente o movimento pelas comunidades constatei que a juventude começa a perceber que essa desorientação é resultado de um esquema muito bem montado, muito bem arquitetado, eu diria que se trata de um esquema criminoso.
Eu não queria a juventude assim perdida e nem a própria juventude está querendo andar por aí assim perdida.
Apesar do Estado, que faz de tudo para desinformar, deseducar, debilitar, desvirtuar, deslocar, desassociar, desencaminhar essa juventude da seriedade, honestidade, do conhecimento e o que é pior: da família e de tudo mais que é saudável, edificante, ético e moral, nossos jovens seguem em frente com força e com vontade.
Claro que a juventude tem que ficar confusa porque o Estado conta com uma poderosa rede de cúmplices e uma de suas prioridades é destruir a família. Exatamente o que os nossos jovens mais prezam e mais precisam.
O Estado conta com o apoio da grande mídia, do judiciário, do legislativo (os bobos da corte) só servem para ser manipulados - estou falando dos vereadores, deputados e senadores que não passam de marionetes nas mãos ou dos prefeitos ou dos governadores e do presidente da república. E não pára por aí. São muitos os tentáculos do Estado, se não vejamos: conta também com as igrejas (todas), ONGs, associações, fundações, tráfico de drogas, milícia, policia, o exército e outros isso e aquilo.
O que deixa essa juventude bastante abatida é a falta de respeito daqueles que deveriam velar pelos seus anseios, desejos e esperanças e dar-lhes totais condições de uma preparação adequada para a vida.
Nossos jovens têm planos, tem sonhos, tem sede de conhecimento, querem se preparar para trabalhar, produzir.
Nossos jovens, porém, querem (e têm esse direito) de viver como jovens.
Nossos jovens são românticos e querem namorar e descobrir as belezas e os prazeres da vida, mas tudo no seu devido tempo, não é preciso que ninguém antecipe etapas, tudo tem o seu momento certo, a natureza é sábia.
Eu não queria a juventude assim perdida e nem a própria juventude está querendo andar por aí assim perdida.
Precisamos cuidar melhor dessa juventude respeitando suas paixões e transformações e não é aconselhável que mudemos o curso natural dessa fase que por si só já é bastante complicada.
O caminho dessa juventude precisa ser pavimentado por pessoas sérias, honestas e que tenham conhecimento de causa.
Não se iludam: nossos jovens são contra a baixaria e o mau-gosto; não tentem empurrar goela abaixo dos nossos jovens essas malditas drogas; não coloquem um fuzil em suas mãos, nossos jovens precisam de livros.
Nossos jovens não querem morrer, nossos jovens querem viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.