Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

domingo, 9 de fevereiro de 2014

LITERATURA / O Barroco no Brasil; entenda e baixe as obras

No século XVI, na Itália, surgiu um estilo artístico que se iniciou no como uma forma de retomar a fé católica perante a expansão do protestantismo: o Barroco. A Igreja, na época, estava sofrendo uma grande perda de fiéis por conta das religiões protestantes e precisava de uma reformulação para poder se adaptar aos novos pensamentos da época. Por causa do Renascimento, que havia retomado o conceito antropocêntrico, os homens não aceitavam mais a crença cristã como antes. A maneira que a Igreja encontrou para retomar a sua antiga força foi pela Contrarreforma, que tinha como principal arma a arte barroca.
Leia também: 



Barroco considerado uma continuação natural do Renascimento porque os dois movimentos se inspiraram nas artes da Antiguidade clássica, entretanto, os dois movimentos possuem particularidades bem distintas. Enquanto o Renascimento buscava a perfeição, tanto humanista e da natureza, por meio de austeridade, harmonia, equilíbrio e formalidade, o Barroco tinha como principal objetivo atingir as emoçõesdaqueles que viam as obras, independentemente do que seria necessário para conseguir isso. Portanto, no geral, as obras barrocas apresentam dramaticidade, autenticidade, dinamismo, exuberância, realismo econtrastes de luz e sombra.

Na literatura, o barroco é caracterizado por muito cuidado à linguagem e estilo formal como meio de convencer e maravilhar o leitor. Para isso, as obras possuem inúmeras metáforas, elipse, antítese, hipérbole, paradoxos e outros “truques” de linguagem como artifícios retóricos. Da mesma forma que as pinturas barrocas queriam criar a sensação de emoção, dualidade, contraste, oposição, etc., a literatura barroca buscava a mesma coisa, mas nas palavras.

Outro aspecto marcante da literatura barroca é o conflito interno: os autores barrocos viviam com o dilema entre prazeres carnais e mundanos e a salvação da alma. É o antropocentrismo que se opõe ao teocentrismo. Por causa disso, as obras tendem ao pessimismo, à intensidade, dúvidas e incertezas.

No Brasil, o movimento veio junto com os missionários católicos que tinham como objetivo catequizar os índios brasileiros. Porém, como aqui não havia um governo sólido, não houve financiamento para a criação de pinturas, por exemplo. Grande parte do estilo barroco brasileiro está presente nas esculturas, arquitetura e literatura. Os autores mais conhecidos são Gregório de Matos, Bento Teixeira, Manuel Botelha de Oliveira, Padre Antônio Vieira.

A seguir, confira todas essas características nas obras literárias de quatro grandes autores do período:

  • Gregório de Matos


  • Bento teixeira

  • Manuel Botelho de Oliveira

  • Padre Antônio Vieira


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.