Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Adiada volta às aulas na rede de escolas técnicas do Rio

* O ator do filme Cidade de Deus, Ivan da Silva Martins, suspeito de matar um policial militar no Morro do Vidigal, na Zona Sul do Rio, foi preso nesta segunda-feira (31), após uma negociação com agentes. Ele se apresentou na Delegacia de Combate às Drogas acompanhado do fundador da ONG AfroReggae, José Júnior, e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Ivan Martins é suspeito de participar da morte do sargento da Polícia Militar, Hudson Silva de Araújo, de 46 anos, na madrugada do dia 23 deste mês.
 Apesar de dizer que não tem nada a ver com o crime, ele é apontado pela Polícia Civil, como responsável por extorquir dinheiro de motoristas de transporte alternativo que circulam pela favela da Rocinha, que fica próxima e é comandada pela mesma facção criminosa.

* O Exército e a Defesa Civil começaram a realizar exercícios de simulação de deslizamentos e inundações em Petrópolis, na Região Serrana no Rio de Janeiro.
 A cidade foi uma das atingidas pelo maior desastre natural do Brasil que vitimou mais de 900 pessoas em 2011.

* Os alunos das mais de 130 escolas da rede da Fundação de Apoio à Escola Técnica – a Faetec, em vários municípios do estado do Rio, não vão voltar a estudar.
O início das aulas foi adiado por tempo indeterminado. Segundo a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social a decisão de adiamento foi tomada em diálogo com os docentes, diretores, e comunidade de pais e alunos diante da não liberação de recursos para pagamento em atraso dos fornecedores e de mão de obra terceirizada.
O coordenador geral do Sindicato dos Profissionais da Faetec, Marcos Roberto Freitas, afirma que mesmo antes do recesso, a situação das escolas já era muito grave, com falta de merenda e sem funcionários de vigilância e limpeza. Ele destaca os prejuízos para a educação do Rio.

* Os militares das Forças Armadas, que reforçam a segurança no Rio de Janeiro se deslocaram nesta segunda-feira para as vias expressas com o objetivo de coibir o roubo de cargas. 
De acordo com o porta-voz do Comando Militar do Leste, coronel Roberto Itamar, houve uma redução no número de agentes que circulam nas ruas da cidade, para evitar transtornos no trânsito e não alterar a rotina da população. 
Segundo o coronel, os 8500 militares priorizam a concentração em vias como a Avenida Brasil e o Arco Metropolitano, que fica na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.