Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 7 de janeiro de 2017

Ex-presidente português Mário Soares morre aos 92 anos | Agência Brasil

Ex-presidente português Mário Soares participa de comício durante campanha presidencial em 1986
Um dos fundadores da democracia portuguesa moderna,
Mário Soares foi presidente do país europeu por dois mandatos, de 1986 a 1996
Arquivo/Guilherme Venâncio/Lusa
O ex-presidente português Mário Soares morreu hoje aos 92 anos, informou o Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.
Mário Soares encontrava-se internado desde 13 de dezembro, tendo sido transferido no dia 22 da unidade de terapia intensiva (UTI) para a unidade de internação em regime reservado, depois de sinais de melhora no estado de saúde.
No entanto, no dia 24, um agravamento súbito da situação clínica obrigou o antigo chefe de Estado português a retornar à UTI. Em 31 de dezembro, dia da última atualização feita pelo hospital sobre o seu estado de saúde, Mário Soares continuava em “coma profundo”, mas “estável e com parâmetros vitais normais”.
Mário Soares desempenhou os mais altos cargos no país e a sua vida confunde-se com a própria história da democracia portuguesa: combateu a ditadura, foi fundador do Partido Socialista e presidente da República.
Nascido em 7 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares foi fundador e primeiro líder do Partido Socialista português e ministro dos Negócios Estrangeiros após a revolução de 25 de abril de 1974.
Primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, Soares pediu a adesão de Portugal à Comunidade Econômica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985. Posteriormente, a CEE tornou-se a União Europeia.
Em 1986, Soares ganhou as eleições presidenciais e foi presidente da República durante dois mandatos, até 1996.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.