Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 22 de outubro de 2016

Indígena de 18 anos é eleita vereadora mais jovem de Mato Grosso | InfoJovem


A jovem indígena Érika Negarotê Garcez, de 18 anos, é a vereadora mais jovem eleita em Mato Grosso nas eleições municipais ocorridas no último dia 02 de outubro. Além disso, é a primeira mulher da etnia Nambiquara a se eleger para cargo público.
Érika concorreu a vereadora pelo PRB na cidade de Comodoro, distante 667 km de Cuiabá, e foi eleita com 264 votos. Érika diz que pretende ser a voz da comunidade indígena, das mulheres e dos jovens na Câmara.
“Cresci na aldeia visualizando a situação precária dos indígenas. Vim para cidade sem saber falar português, estudei e percebi que meu povo tem dificuldades para acesso à saúde, educação e outros direitos básicos. Ingressei na política para ajudar os indígenas”, declarou Érika.
Segundo a futura vereadora, a prioridade para as causas indígenas não a impedirá de atuar em favor da comunidade em geral. “Já me reuni com as outras duas mulheres eleitas vereadoras em Comodoro para debater ações conjuntas. Também quero representar os jovens da cidade”, completou.
Estudante do terceiro ano do Ensino Médio, Érika trabalha no Tabelionato de Comodoro e frequenta as aulas no período noturno. Junto com o exercício do mandato, o principal projeto para 2017 é ingressar na faculdade de Direito.
“Vou buscar conciliar o mandato parlamentar com o estudo. Quero usar o direito a favor da causa indígena também. O salário de vereadora será fundamental para custear o estudo”, concluiu.
Com informações do portal RD News
Indígena de 18 anos é eleita vereadora mais jovem de Mato Grosso | InfoJovem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.