Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 26 de julho de 2016

Proposta prevê energia solar para novos imóveis do Minha Casa Minha Vida - Rádio - Câmara Notícias - Portal da Câmara dos Deputados

Proposta em tramitação na Câmara prevê que todos os novos imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida venham equipados com sistema de energia solar.
Em 2014, os cinco primeiros países em potência instalada de energia solar eram Alemanha, China, Japão, Itália e EUA, e respondiam por 70% do total mundial nessa fonte.
Para o autor do projeto, deputado João Fernando Coutinho, do PSB de Pernambuco, todos os imóveis que forem construídos pelo programa Minha Casa Minha Vida devem ser equipados com o sistema de energia solar, para ajudar ao meio ambiente e também uma forma de maior economia para essas famílias. Outro projeto do deputado João Fernando Coutinho cria medidas que facilitam a aquisição de equipamentos de energia solar.
"Todas as novas construções possam ter uma placa fotovoltaica, que possa efetivamente produzir energia para essas pessoas que moram no Minha Casa Minha Vida. Uma outra iniciativa que tenta criar um mecanismo de financiamento para as famílias de classe média, o cidadão comum, para que ele possa ter acesso a um crédito com juros baixos para todo país. É fundamental que tenhamos essa visão estratégica para desenvolver essa matriz energética e a cada dia ampliar a geração de energia renovável e agora principalmente no desenvolvimento da energia solar em todo nosso país."
O Ministério de Minas e Energia lançou, em dezembro de 2015, o Programa de Geração Distribuída de Energia Elétrica. O objetivo é estimular a geração de energia pelo próprio consumidor residencial, comercial, industrial e rural, com base em fontes renováveis, em especial a fotovoltaica.
Em 2018, o Brasil deverá estar entre os 20 países com maior geração de energia solar. Umas das vantagens deste tipo de energia é que não polui durante o seu uso. Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território.
Proposta em tramitação na Câmara prevê que todos os novos imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida venham equipados com sistema de energia solar.
Em 2014, os cinco primeiros países em potência instalada de energia solar eram Alemanha, China, Japão, Itália e EUA, e respondiam por 70% do total mundial nessa fonte.
Para o autor do projeto, deputado João Fernando Coutinho, do PSB de Pernambuco, todos os imóveis que forem construídos pelo programa Minha Casa Minha Vida devem ser equipados com o sistema de energia solar, para ajudar ao meio ambiente e também uma forma de maior economia para essas famílias. Outro projeto do deputado João Fernando Coutinho cria medidas que facilitam a aquisição de equipamentos de energia solar.
"Todas as novas construções possam ter uma placa fotovoltaica, que possa efetivamente produzir energia para essas pessoas que moram no Minha Casa Minha Vida. Uma outra iniciativa que tenta criar um mecanismo de financiamento para as famílias de classe média, o cidadão comum, para que ele possa ter acesso a um crédito com juros baixos para todo país. É fundamental que tenhamos essa visão estratégica para desenvolver essa matriz energética e a cada dia ampliar a geração de energia renovável e agora principalmente no desenvolvimento da energia solar em todo nosso país."
O Ministério de Minas e Energia lançou, em dezembro de 2015, o Programa de Geração Distribuída de Energia Elétrica. O objetivo é estimular a geração de energia pelo próprio consumidor residencial, comercial, industrial e rural, com base em fontes renováveis, em especial a fotovoltaica.
Em 2018, o Brasil deverá estar entre os 20 países com maior geração de energia solar. Umas das vantagens deste tipo de energia é que não polui durante o seu uso. Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.