Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Procon-RJ lança guia trilíngue para turistas da Rio 2016 | Agência Brasil

O Procon-RJ lançou hoje (18) um guia trilíngue, em português, inglês e espanhol, para auxiliar os turistas nacionais e estrangeiros que visitarem o Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. A publicação Procon-RJ nos Jogos informa os consumidores sobre direitos e regras básicas de consumo.
O guia já está disponível em PDF e pode ser baixado no site do Procon-RJ e por meio de QR Code com o celular.
A publicação é dividida em seções: #Partiu Jogos, #Partiu Regras, #Partiu Aquecimento, #Partiu Hospedagem, #Partiu Turistar, #Partiu Balada e #Partiu Procon. “A gente está pensando no pessoal mais novo, que usa essa linguagem”, disse a assessora jurídica da entidade, Ericka Machado.
Direitos do consumidor ligados a viagens, compras e exigência de consumação mínima, no caso de bares e restaurantes, são algumas das informações que o guia dá aos visitantes. Caso queira fazer uma reclamação, é possível enviá-la online (para quem baixar o guia pelo celular) ao site do Procon-RJ.
Prioridade 
Durante a Rio 2016, a entidade de defesa do consumidor terá um e-mail para (olimpiadas2016@procon.rj.gov.br) para tratar de problemas ocorridos nos jogos. Além disso, as reclamações de consumidores relacionadas ao megaevento terão prioridade no período das competições. “Todas as reclamações que forem dessa temática de Jogos Olímpicos, o prazo de resposta, em vez de ser de dez dias, vai ser de 72 horas porque o consumidor turista às vezes vem assistir a um jogo e vai embora. Então, a gente deu mais celeridade às resoluções de demandas”, disse Ericka Machado.
A equipe de fiscalização do Procon-RJ vai atuar durante a Rio 2016 com foco nas regiões de Deodoro e Barra da Tijuca, onde ocorrerá a maior parte das competições “para ficar de olho também ao redor dos estádios”, segundo a assessora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.