Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

domingo, 31 de julho de 2016

Manifestantes pedem impeachment de Dilma e criticam governo Temer em Copacabana | Radioagência Nacional

Um protesto contra a corrupção movimentou a orla de Copacabana neste domingo (31). Uma faixa com a frase “Je sui Moro” em apoio ao juiz federal Sérgio Moro estava em um dos caminhões de som usados para dar suporte aos líderes do movimento “ Vem pra rua”, responsável pelo ato. 
As principais pautas dos manifestantes são o impedimento definitivo da presidenta afastada Dilma Rousseff e críticas ao governo do presidente interino Michel Temer. 
O ativista político e um dos que apóiam o movimento “Vem pra rua”, Alexandre Arraes, defende que o impeachment é apenas o começo de um processo de mudança que deve abranger várias áreas.
á o advogado Salomão Lima destaca a mobilização popular como pedra fundamental na construção da cidadania de um povo. 
Os ativistas se concentraram na altura do Posto 5 e caminharam por cerca de três horas na orla. A maioria dos ativistas estava de verde e amarelo e segurava cartazes com mensagens de protesto contra a corrupção em português e até mesmo em inglês. Uma grande faixa em verde, amarelo e preto foi estendida na Avenida Atlântica e carregada por manifestantes.
Mais de 200 cidades brasileiras aderiram ao protesto. Só no estado do Rio, 14 municípios manifestaram seu apoio à causa. Brasileiros que vivem no exterior também se mobilizaram em várias partes do mundo. 


Não foi registrado nenhum incidente durante a manifestação, que também atraiu a atenção da imprensa internacional, presente  no Brasil para cobrir os Jogos Olímpicos. A Polícia Militar não informou o número de pessoas que estavam no protesto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.