Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 18 de abril de 2016

A ditadura militar no Brasil: a verdade sufocada


A "Marcha da Família com Deus pela Liberdade", movimento de protesto anticomunista e de apoio à intervenção militar, realizado em 19 de março de 1964, teve amplo apoio da população

TODO BRASILEIRO tem o direito de saber a verdade que não é ensinada na escola – A ditadura militar que tivemos no Brasil foi bem menos ruim do que aquilo que poderia ter acontecido se o país tivesse caído nas mãos dos comunistas, que à época preparavam, – estes sim, – um golpe. O que ocorreu, na verdade, da parte dos militares, foi um contragolpe, apoiado pela maioria da população brasileira. Estes são fatos simples e inegáveis, cuidadosamente ocultos e sistematicamente mascarados pelos nossos jornalistas e professores em geral, em sua maioria simpáticos aos ideais socialistas.

Sim, o que houve em 1964 foi uma reação (urgente) à tentativa de implantação de uma ditadura comunista/socialista no Brasil. Não é coincidência que o nosso governo esquerdista de hoje, juntamente com todo o nosso sistema educacional (que está entre os piores do mundo), dominado pelo famigerado marxismo cultural que sorrateiramente acabou por tomar conta do nosso modo de pensar e entender a realidade (aprenda a respeito aqui), estejam fazendo esforços desesperados para reescrever a história e punir os militares que tinham por objetivo combater a guerrilha armada esquerdista nos anos 1960.

Por que ninguém diz que os generais da tão criticada e combatida ditadura morreram pobres? Porque ninguém comenta que à época da ditadura nosso país era bem mais seguro do que é nos dias atuais, com os atuais mais de 50 mil homicídios por ano?

Não é coincidência que a infame "Comissão da Verdade" tenha este nome altamente romântico e justiceiro. Não é coincidência que esta mesma comissão não admita historiadores ou opositores das ideias comunistas. Não é coincidência que nosso atual governo esteja sistematicamente, aos poucos, enfraquecendo e sufocando as forças armadas. Não é coincidência que terroristas do passado estejam no poder e na política hoje em dia. Não foi coincidência a população ter pedido por uma intervenção militar nos anos 1960.

Tudo é parte de um planejamento: para quem estuda o assunto, toda a questão é clara como água, mas para aqueles que não se preocupam em conhecer a realidade mais a fundo (infelizmente a maioria esmagadora dos brasileiros) esses fatos podem parecer surpreendentes ou até inacreditáveis. Enfim, nossa busca deve ser sempre pela verdade, seja ela boa ou ruim, favorável ou não à nossa opinião. A busca pela verdade não se ocupa de agradar ninguém, apenas em conhecer o que muitos não querem que seja conhecido.

Sim, é verdade que, depois de certo tempo, a situação se complicou, a população se indignou e lutou contra o regime militar, que se tornara ditatorial e intolerável. Porém, ao contrário dos diversos grupos comunistas armados e treinados que atuavam à época, o povo brasileiro pedia era por democracia. Já os marxistas lutavam com armas e bombas para implantar uma outra ditadura no Brasil, a saber, o mesmo regime pelo qual milita hoje o Foro de São Paulo: o deplorável e falido socialismo marxista.

Não é sem razão que já se comparou comunismo à micose de unha: quando se pensa que o mal está debelado, ele reaparece e volta a crescer. Enquanto houver ódio, inveja, preguiça e indolência no mundo, o retorno do comunismo será um perigo em potencial.

A "Comissão da Verdade" é uma das maiores farsas judiciais já praticadas no Brasil: condena apenas um único lado; é comandada por agentes esquerdistas declarados; entre seus membros estão juízes e uma psicóloga que nada entendem de História. – Alardeiam-se, à exaustão, os crimes da ditadura brasileira, mas por que não se investigam também os muitíssimos crimes cometidos pelos terroristas socialistas antes e depois da ditadura? Como visto, as guerrilhas comunistas não surgiram para combater a ditadura militar em prol da democracia. Longe disso.

A guerrilha comunista no Brasil começou no ano de 1961 e foi acobertada por João Goulart, que, em crime de alta traição, procurava deixar nosso país à mercê do comunismo. O próprio Fernando Gabeira, que lutou ao lado dos grupos terroristas de esquerda na época, reconheceu a simples verdade que não nos ensinam na escola: admitiu que o objetivo da luta armada esquerdista não era lutar contra os militares pela democracia, mas sim lutar contra eles para instaurar um regime semelhante ao de Cuba no Brasil.


Nos protestos de 2013, os "Black Blocs" (ou 'idiotas úteis') ostentavam abertamente o emblema comunista, enquanto jornalistas militantes chegaram a afirmar que se tratavam de radicais de direita(!). Assim agem os "cumpanhêros" fomentadores do marxismo cultural: confundindo as mentes, negando as realidades mais evidentes. Tudo em prol do objetivo final: a implantação do regime ditatorial e do Partido Único.

Após a anistia política, ao final da década de 1970, os integrantes da esquerda se infiltraram em massa nos meios culturais e acadêmicos, passando a atuar dando aulas nas escolas, produzindo novelas, programas e minisséries de TV, pintando para a geração de hoje uma mitologia calculadamente inventada (e invertida) para favorecer uma ideologia bem definida, ao invés de ensinar a história factual.

Cidadão e estudante do Brasil, estude seriamente antes de tirar conclusões a respeito de assuntos políticos. Procure conhecer o que realmente aconteceu na história de nosso país. Procure compreender o que é o marxismo cultural e de que forma você está sendo envolvido nesse sistema. Aproveite a lista abaixo para expandir os seus conhecimentos.


** Abaixo, alguns links para documentários, depoimentos, artigos e estudos, em vídeo e por escrito, com boas dicas para aprender a respeito dos assuntos citados neste artigo, de modo crítico e diverso do que reza a cartilha marxista do governo atual. Bons estudos!

1. "Reparação" (Documentário, Terra Nova Filmes), assista em:
http://youtube.com/watch?v=1OLG9NtXSAY

2. "O Contragolpe 1964 - A Verdade Sufocada" (Documentário, Gobar Filmes), assista em:

3. Gal. Leônidas Pires Gonçalves fala sobre o regime militar (Entrevista concedida ao canal Globo News), assista em:
https://youtube.com/watch?v=ZhPTwO6CXps

4. "Guerrilha Comunista no Brasil" (artigo de Félix Meier), leia em:

5. "O Apoio de Cuba à Luta Armada no Brasil: o treinamento guerrilheiro" (artigo de Denise Rollemberg), leia em:
http://historia.uff.br/artigos/rollemberg_apoio.pdf

6. Olavo de Carvalho e a declaração de Dilma Roussef sobre a ditadura (vídeo), assista em:
https://youtube.com/watch?v=_FvLc9Zzkh0

7. "A Guerrilha Já Existia Antes de 64" (audio de Olavo de Carvalho), ouça em:

8. "Nós Queríamos Implantar o Comunismo no Brasil - A Ditadura do Proletariado" (entrevista com Fernando Gabeira), assista em:
https://youtube.com/watch?v=8VtXhnxWHC0

9. "Brasileiros Sofrem Lavagem Cerebral Há Mais de 40 Anos" (apresentação do canal "Conspirações Comprovadas"), assista em:
https://youtube.com/watch?v=PyDmPFyytBE

10. "A Farsa da 'Imprensa Alternativa' Durante o Regime Militar" (trecho do programa semanal 'True Outspeak', com Olavo de Carvalho), assista em:
http://youtube.com/watch?v=m7rcyo_Ks3E

11. Cadernos da edição de "O Globo" de 18 de janeiro de 1964:
http://acervo.oglobo.globo.com/consulta-ao-acervo/?navegacaoPorData=196019640118C&edicao=Matutina

12. "Derrubando a História Oficial de 1964" (artigo de Olavo de Carvalho), leia em:
http://midiasemmascara.org/arquivos/10973-derrubando-a-historia-oficial-de-1964.html

13. "Resumo do que penso sobre 1964" (artigo de Olavo de Carvalho), leia em:
http://olavodecarvalho.org/textos/resumo_1964.htm

14. "Direito à Verdade - O passado Oculto de Dilma" (minidocumentário do canal 'Direito à Verdade'), assista em:
https://youtube.com/watch?v=xWnTEM5grH0


16. Arquivos Abertos da Ditadura (artigo-trecho do livro 'Projeto Orvil'), leia em:
http://averdadesufocada.com/index.php?option=com_content&task=view&id=737&Itemid=78

17. Artigos diversos no website - "A Verdade Sufocada", leia em:
http://averdadesufocada.com/

18. O ex-ministro do Exército Leônidas Pires Gonçalves presta um longo depoimento ao programa "Memória Política", assista em:
https://youtube.com/watch?v=tA55FbOY0hU

19. "Monopólio e Choradeira" (artigo de Olavo de Carvalho), leia em:
http://midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/14484-monopolio-e-choradeira.html

20. "A Falsidade da Comissão da 'Verdade' e os erros do regime militar" (trecho do programa semanal 'True Outspeak', com Olavo de Carvalho), assista em:
http://youtube.com/watch?v=7jlT7F-vWto

21. Entrevista sobre o Livro: "A Verdade Sufocada - A história que a esquerda não quer que você saiba" (depoimento do Cel. Carlos Alberto Brilhante Ustra em vídeo), assista em:
http://youtube.com/watch?v=FvQnh_wH0qI (parte 1)

22. "Relembrando 1964" (artigo de Luis Afonso Assumpção), leia em:
http://midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/10971-relembrando-1964.html

23. "O grande Erro dos Militares" (trecho do programa semanal 'True Outspeak', com Olavo de Carvalho), assista em:
http://youtube.com/watch?v=pfRb3GGKlbE

24. "A Exumação de Jango: em vez de pensar em 2064, país se volta para 1964. Vamos aplaudir um século de atraso!" (artigo de Reinaldo Azevedo), leia em:
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/tag/1964/

25. "Revolução e Marxismo Cultural" (série antológica de palestras do Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Jr.), assista em:
http://padrepauloricardo.org/cursos/revolucao-e-marxismo-cultural

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.