Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

BIOGRAFIA DE LUIZ CARLOS MIELE PARA O MUSEU DA TELEVISÃO BRASILEIRA

Luiz Carlos Miele nasceu em São Paulo, capital, em 31 de maio de 1938. Filha da cantora e instrumentista Irma Miele,que fez televisão, como atriz, adotando o nome de Regina Macedo. Bastante parecido com  a mãe, Carlos Miele, como ele era conhecido, era um rapaz alto e simpático.
Sua carreira artística começou bem cedo. Ele tinha apenas doze anos, quando começou a atuar numa rádio em São Vicente, cidade praiana de São Paulo, no programa: " Meu Filho, Meu Orgulho",Mais tarde, sempre ao lado da mãe, Miele foi para a capital paulista e iniciou sua carreira artística na Rádio Tupi de São Paulo. Fez vários programas, ao lado de outros astros mirins da época, como Walter Avancini, Regis Cardoso e Erlon Chaves, que chegou a ser maestro. Depois, já  moço, em 1959, aos 21 anos, ele foi ser locutor de rádio das emissoras Excélsior, Tupi e Nacional. Miele sempre teve voz muito boa e forte.
Miele mudou-se para o Rio de Janeiro e conheceu  Ronaldo Bôscoli e eles formaram a dupla que ficou famosa: " Miele& Bôscoli", que durou muitos anos e fez muito sucesso. Eles dirigiram e apresentaram vários espetáculos e também programas musicais em várias emissoras de televisão.
Na televisão, Miele atuou na direção e produção dos  programas musicais: " Noite de Gala"; " Cara e Coroa";"Dois No Balanço";" Se Meu Apartamento falasse";" Rio Rei"; " Os Sete Pecados";" Musical em Bossa Nova";" O Fino da Bossa";" Show em Simonal"; " Elis Especial";"Alô Dolly";" Dick & Betty 17";"Fantástico";"Praça da Alegria";" Sandra e Miele"; " Cem Anos de Espetáculo"; " Viva Marília": " Batalha dos Astros", além dos festivais de música na Globo; " Um Homem-Uma Mulher"; " Cássio Muniz Show"; "Programa Flávio Cavalcanti";" Miele & Cia"; " Ele & Ela", na Rede Manchete; " Coquetel", no SBT; e "Escolinha do Barulho", na TV Record.
Em teatro, Miele foi produtor e diretor de inúmeros espetáculos musicais. Trabalhou com Roberto Carlos,Elis Regina,Wilson Simonal, Sérgio Mendes, Lennie Dale, Sarah Vaughan, Leny Andrade, Pery Ribeiro,Bossa 3,Taiguara, Claudete Soares, Miltonn Nascimento,Marcos Valle, Joyce, Wanda Sá, Alcione,Agnaldo Timóteo,Joanna, Angela Maria, Lucinha Lins, Os Cariocas, família Caymmi,Trio Irakitan, Rosana Tapajós,Regina Duarte,Sandrá Bréa, Pedrinho Mattar, Dzi Croquettes, além dos projetos: " Chega de Saudade"," Vivendo a Rádio Nacional", " Vivendo Vinícius", " Festival Internacional de Música".
Miele também foi show-man. Fez: " Miele & Juarez Machado", " Concerto Para Miele & Orquestra",  "Miele & Tuca", " Miele no Palladium,"   "Elis & Miele". Ele foi também apresentador e mestre de cerimônias do Prêmio Molière.
Ele foi diretor de projetos especiais no " Metropolitan', do Rio de Janeiro. Gravou um compacto simples: " Miele  e Carolina".Participou de várias outras gravações e de vários outros espetáculos. Foi diretor de projetos especiais da Casa de Cultura da Universidade Estácio de Sá,do Rio de Janeiro, onde produziu vários espetáculos.
Carlos Miele participou do filme: " O Homem Nu", em 1997.
Em 2004, fez show no "Tom Brasil",mostrando em público, pela primeira vez o : " Hino Da Fome Zero". Também nesse ano publicou o livro: " Poeira de Estrelas". Dirigiu no " Canecão", o espetáculo: "Bossa Nova In Concert". Em 2005, no " Bar do Tom", apresentou-se no espetáculo: " Benção Bossa Nova". Nesse ano lançou o DVD: " Miele, Um Show Man Brasileiro-Um Show de Música e Muito Humor". Em 2005 ainda, foi ator no seriado: " Mandrake", na HBO Brasil. Em 2008, participou de " Casos e Acasos", na Rede Globo. Ainda comemorando os 50 anos de Bossa Nova, fez para o teatro, o espetáculo: "Meus Amigos São Um Barato".
Em 2010, no Multishow, ao lado da atriz Fernanda Torres, Miele estrelou o seriado "Amoral da História", que buscava adaptar dois livros de Millôr Fernandes: "Fábulas Fabulosas" e "A Bíblia do Caos", para a linguagem televisiva, de uma forma satírica.
E em 2014, faz o seriado "A Teia" e a novela "Geração Brasil",  na TV Globo. Em 2015, fez uma participação especial na novela "Boogie Oogie", também na Globo; e junto com João Marcelo Boscoli fez o show "Elis 70 Anos" em homenagem ao aniversário de sua amiga Elis Regina.
Faleceu em 14 de outubro de 2015, aos 77 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.