Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 13 de junho de 2015

Jardim Botânico do Rio comemora 207 anos abrindo novos espaços à visitação | Agência Brasil

Paulo Virgilio - Repórter da Agência Brasil Edição: Beto Coura
 Jardim Botânico do Rio de Janeiro completou 207 anos
O aniversário do Jardim Botânico foi comemorado no RioFernando Frazão/ Agência Brasil
Uma das instituições que fizeram o Rio receber o título de Patrimônio da Humanidade, concedido em 2012 pela Unesco, o Jardim Botânico comemorou hoje (13) 207 anos de criação com uma programação especial. A festa contou com a presença da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, seu antecessor no cargo, o deputado estadual Carlos Minc (PT), ambientalistas, integrantes da Associação dos Amigos e empresários que contribuem para a gestão do parque.
A programação teve como destaque a abertura ao público do Ateliê de Restauração do Mestre Valentim, onde os visitantes poderão acompanhar o trabalho de recuperação das esculturas de um dos principais artistas do período colonial.
As quatro obras – Eco, Narciso e duas Aves Pernaltas -, datam de 1785 e a restauração está alinhada ao processo de valorização do patrimônio cultural e ambiental do Jardim Botânico e às comemorações dos 450 anos do Rio. A ministra Izabella Teixeira destacou a colaboração de pessoas e empresas com a restauração do Jardim Botânico e agradeceu integrantes das famílias Borges Torrealba e Aranha, que dão apoio à revitalização de duas áreas do parque: o orquidário e a restinga.
“Nós queremos que o processo de restauração seja pactuado com a sociedade. Até o fim do ano, vamos abrir um novo jardim sensorial e novas estufas. Para fazer isso, dependemos do Conselho de Desenvolvimento Sustentável do Jardim Botânico. Lá estão pessoas que nos ajudam nesse modelo de gestão público-privada e na ambição de ter novas parcerias, sejam financeiras, de comunicação ou de mobilização”, disse a ministra.
Outro ponto destacado pela ministra foi o processo de consolidação da área do parque, que se encontra em sua reta final, do ponto de vista legal, com o registro em cartório da área em parceria com a Secretaria do Patrimônio da União. Com relação à retirada das famílias que vivem na área do parque, delimitada oficialmente em 140 hectares em 2013, Izabella Teixeira disse que é um processo demorado, sem prazo definido.
A Ministra do Meio Ambiente,Izabella Teixeira, inaugura o Ateliê de Restauração do Mestre Valentim, no aniversário de 207 anos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, abre o Ateliê de Restauração do Mestre Valentim, no aniversário de 207 anos do Jardim Botânico do RioFernando Frazão/Agência Brasil
“Temos agora que discutir como será o processo de revitalização, como vamos tirar as pessoas das áreas de risco. É um processo longo, que vai ser feito com muita calma e respeito às pessoas. O importante é que estamos fazendo tudo dentro da lei. Esse modelo de gestão é importante, vale também para o Parque Nacional da Tijuca. É importante ter um diálogo com as pessoas que vivem no entorno”, frisou.
O coro de parabéns pelos 207 anos do Jardim Botânico, com direito a um grande bolo com 657 pedaços – 207 pelos anos do parque e 450 pelos anos da cidade – foi na área destinada à recreação infantil. Atores caracterizados como dom João VI, o fundador do Jardim Botânico, e sua mulher Carlota Joaquina, puxaram o coro e também atuaram como guias dos visitantes aos pontos históricos do parque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.