Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Dia do Imigrante

O imigrante é aquele que que mora em um país diferente do que nasceu. E o seu dia é comemorado no primeiro domingo do Advento. Advento é o período de 4 semanas antes do Natal. Então é uma data móvel. Foi instituído por Decreto Estadual n. 31.128, de 14 de novembro de 1957, governo Jânio Quadros.
Existem situações sociais que são propícias à imigração. Por exemplo: um país pode precisar de indivíduos para povoamento, para oferecer sua força de trabalho, esse país pode até trabalhar com políticas de imigração. Essas políticas facilitam a naturalização de imigrantes ou a normalização de pessoas em situação ilegal e até promovem intercâmbios entre profissionais e alunos de outros países.
Porém, a imigração nem sempre é bem vinda. Existem outros fatores que levam uma pessoa a imigrar como a busca de oportunidade de empregos melhores, guerras, fome, motivos políticos e outros. Por causa disso, o imigrante muitas vezes se submete a situações adversas, como subempregos ou a ilegalidade, para buscar um melhor lugar para viver
O Brasil foi um país que dependeu muito da imigração. Nos primórdios da colonização, o Brasil foi berço da imigração "coercitiva", isto é, forçada, pois foram trazidos africanos para serem escravizados. Em 1808, D. João VI, rei de Portugal, permitiu que estrangeiros possuíssem terras no Brasil. Um exemplo de corrente imigratória no Brasil dessa época é Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, fundada por colonos suíços.
Ao longo da segunda metade do século XIX e no século XX ,imigrantes italianos se deslocaram até São Paulo para o trabalho na lavoura do café. Iniciado o processo de industrialização, na década de 30, os italianos procuraram as cidades participando desse processo como mão-de-obra e como investidores. Os japoneses também estão concentrados em São Paulo e vieram trabalhar nas lavouras de café, incentivados pelo governo japonês.
Além de africanos, japoneses e italianos, o Brasil também recebeu gente da Holanda, da República Tcheca, da Polônia e Rússia.
Fonte: UFGNet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.