Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 6 de maio de 2015

PROJETO IMPEDE QUE CIDADÃOS PRATIQUEM ATOS CONTRA SEUS PRINCÍPIOS

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) derrubou nesta terça-feira (05/05) um veto do governador ao projeto de lei 2.374/13, do deputado Luiz Paulo (PSDB) e do ex-deputado Ricardo Abrão. A proposta regulamenta o artigo nove da Constituição Estadual, sobre a chamada "objeção de consciência". Trata-se do direito que o cidadão tem de se recusar a praticar um ato que seja contra suas convicções filosóficas, éticas, morais ou religiosas.
  
Esse ato de recusa, por sua vez, não pode configurar violação de direitos de outro cidadão. “A objeção de consciência é você não fazer nada que avilte tudo aquele em que você acredita. Um gari que seja umbandista, por exemplo, pode não cumprir uma ordem de jogar uma oferenda no caminhão do lixo, pois, para ele, há um simbolismo diferenciado. Ele pode alegar objeção de consciência, mas outro gari pode fazê-lo”, explica Luiz Paulo. 
 
Com a derrubada do veto, a nova lei deverá ser publicada no Diário Oficial nos próximos dias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.