Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

domingo, 1 de março de 2015

Rio 450 anos: a cidade de todos os brasileiros

As comemorações oficiais pelos 450 anos do Rio de Janeiro começaram hoje (1º), às 7h, com alvorada festiva no local onde a cidade foi fundada, na atual Fortaleza de São João, no bairro da Urca. Durante a cerimônia cívico-militar, o prefeito Eduardo Paes recebeu 20 veleiros, que partiram de Bertioga, no litoral de São Paulo, refazendo o percurso feito em 1565 pelo fundador da cidade, o capitão português Estácio de Sá.
Bondinho do Pão de Açucar (Tomaz Silva/Agência Brasil)
Rio 450 anos, Bondinho do Pão de Açucar

Tomaz Silva/Agência Brasil
Após a chegada dos veleiros, um ator caracterizado como Estácio de Sá ao lado de um militar, descendente do fundador e primeiro governador da cidade batizada como São Sebastião do Rio de Janeiro. O personagem entregou a chave simbólica da cidade ao prefeito.
A festa comemorativa continuou no bairro da Tijuca, na zona norte, com uma missa solene no Santuário Arquidiocesano de São Sebastião - paróquia dos frades capuchinhos dedicada ao padroeiro da cidade. A missa foi celebrada pelo cardeal-arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta, que abençoou três relíquias da cidade: a imagem de São Sebastião, os restos mortais de Estácio de Sá e a pedra fundamental da cidade.
Depois, na Rua da Carioca, às 10h, foi servido um bolo de 450 metros, um para cada ano de fundação da cidade. A festa teve a presença do prefeito Eduardo Paes e de dom Orani, que levou ao local a imagem peregrina de São Sebastião.
Na parte da tarde, a Baía de Guanabara e a orla oceânica abrigarão a competição à vela Grand Regatta Rio 450, com largada prevista para as 13h, nas proximidades da Escola Naval, na Ilha de Villegaignon. Os barcos seguirão até a ilha Laje da Cagarra, em frente à Ipanema, de onde retornarão ao ponto inicial.
Às 16h, com a presença da presidenta Dilma Roussef e do governador Luiz Fernando Pezão, será inaugurado o Túnel Rio 450, no centro do Rio. Com 1.480 metros de extensão, o túnel vai ligar a Rua Primeiro de Março à Via Binário do Porto, inaugurada em 2013 – primeira grande obra viária do Porto Maravilha, o programa de revitalização da zona portuária.
De lá, a presidenta Dilma Roussef e o governador Pezão acompanharão o prefeito até o Palácio da Cidade, onde, em cerimônia oficial, será entregue pela primeira vez a medalha 1º de Março, condecoração criada para personalidades que prestaram bons serviços à cidade. Na ocasião, também serão anunciados os cariocas históricos, que terão seus nomes inscritos no Livro de Heróis e Heroínas da Cidade do Rio de Janeiro.
No Palácio da Cidade também serão apresentados a medalha comemorativa dos 450 anos – feita em  parceria com a Casa da Moeda – e o selo, produzido pelos Correios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.