Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 31 de janeiro de 2015

Sob chuva forte, Bangu e Madureira só empatam no Estádio de Los Larios

Pela primeira rodada do Campeonato Carioca, Bangu e Madureira fizeram um jogo equilibrado e não saíram de um empate por 1 a 1 na tarde deste sábado (31) no Estádio de Los Larios, em Xerém. Luiz Felipe abriu o placar para o Alvirrubro, enquanto Rodrigo Pinho deixou tudo igual. O principal destaque foi a chuva forte que castigou o primeiro tempo.
Com o resultado, ambos somam um ponto na classificação geral do campeonato e agora miram os próximos duelos. O Bangu encara o Bonsucesso na quarta-feira (04/02), às 17h, na Rua Conselheiro Galvão. Já o Madureira duela com o Vasco, no dia seguinte, às 21h, em São Januário.

Bangu abre o placar na bola parada
Mandante do jogo, apesar de não jogar em casa pela falta de laudos no Estádio de Moça Bonita, o Bangu começou ligeiramente melhor e teve a posse de bola no campo ofensivo na maior parte do primeiro tempo. Em meio a forte chuva que castigava a região, o gramado resistiu e não criou poças, mas tornou o jogo mais corrido e dinâmico.
No contra-ataque, o Madureira também assustava, mas a melhor chance mesmo foi em uma cobrança de falta de Camacho que Márcio operou um milagre. E foi justamente na bola parada que o Bangu abriu o placar: aos 25 minutos: Almir cobrou com veneno para a área e o zagueiro Luiz Felipe completou de primeira para o fundo da rede.

Madureira volta melhor e Márcio se consagra
Perdendo o jogo, o Tricolor Suburbano voltou disposto a resolver o problema. E conseguiu logo cedo, aos 17 minutos, e em uma jogada de ex-banguenses. Camacho lançou Thiago Galhardo na direita. O meia cruzou na cabeça de Rodrigo Pinho, que completou. A bola ainda bateu no travessão caprichosamente antes de entrar.
A partir daí, o que se viu foi um show à parte do goleiro Márcio, do Bangu. Em pelo menos quatro oportunidades, o camisa um banguense salvou a pátria e evitou a virada do Tricolor. O lance mais claro foi aos 37, em chutes seguidos de Ryan e Thiago Galhardo. Com a inspiração do arqueiro adversário, o placar não se alterou.
A partidaBangu 1 x 1 Madureira - Campeonato Carioca, 1ª rodada - 31/01/2015

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias-RJ)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Luiz Antonio Muniz de Oliveira e Wendel de Paiva Gouvêa

Bangu: Márcio; Iago (Anderson Penna 43'/2ºT), Sérgio Raphael, Luiz Felipe e Guilherme; Ives, Magno (Bruno Luiz 36'/2ºT), Wendel (Paulinho Fernandes 21'/2ºT), Raphael Augusto e Almir; Matheus Pimenta. Técnico: Mário Marques.

Madureira: Jonathan; Formiga (Luiz Eduardo 27'/2ºT), Daniel, Thiago Cardoso e Luiz Paulo; Gilson, Ryan, Rodrigo Lindoso (Ramon 45'/2ºT), Thiago Galhardo e Camacho (Berg 36'/2ºT); Rodrigo Pinho. Técnico: Toninho Andrade.

Cartões amarelos: nenhum

Gols: Luiz Felipe 25'/1ºT (1-0); Rodrigo Pinho 17'/2ºT (1-1)

Público: 990 pagantes
Renda: R$ 10.000,00
FutRio - Sob chuva forte, Bangu e Madureira só empatam no Estádio de Los Larios


Goleiro do Bangu segura empate dentro de casa contra o Madureira

Alvi-rubro sai na frente, mas sofre empate e quase leva virada, se não fosse a grande atuação do arqueiro Márcio


A primeira rodada do Campeonato Carioca de 2015 teve um confronto entre duas equipes de tradição futebol do Rio de Janeiro. O Bangu recebeu o Madureira no estádio de Los Lários, em Xerém, em uma partida que teminou empatada por 1 a 1, graças ao goleiro Márcio, que salvou o Bangu em várias oportunidades, tornando-se o personagem principal da partida. Os gols foram marcados por Luis Felipe, pelo Bango, e por Rodrigo Pinho, pelo Madureira.
A primeira chance mais clara de gol foi do Madureira, aos 19 minutos do primeito tempo. Após erro da zaga do Bangu, Rodrigo Lindoso entrou na área e chutou no canto direito de Márcio, que fez boa defesa. Em seguida, o jogo ficou euilibrado, com o dono da casa tentando chegar ao ataque e o visitante apostando no contra-ataque.
O Bangu conseguiu abriu o placar aos 28 minutos em uma cobrança de falta. Almir cruzou a bola na área e o zagueiro Luis Felipe subiu para marcar de cabeça. Pouco tempo depois, aos 32 minutos, o Bangu quase ampliou em uma chance desperdiçada por Matheus Pereira, após receber belo passe de Raphael Agusto.
O Madureira teve outras duas boas chances ainda no primeiro tempo, mas Márciou apareceu de novo para salvar o Bangu. Na primeira, aos 36 minutos, Rodrigo Pinho chutou estranho e o goleiro do Bangu fez boa defesa. Depois, aos 44 minutos, Camacho cobra falta em jogada ensaiada e Márcio, mais uma vez, evita um gol do Madureira.
O Madureira voltou melhor para o segundo tempo, quando conseguiu empatar. Apesar de ter tido uma boa chance com Galhardo, aos 13 minutos, foi somente aos 17 que o Tricolor Subarbano comemorou o gol. Após cruzamento de Thiago Galhardo, Rodrigo Pinho fez de cabeça. A bola chegou a tocar no travessão antes de entrar. Aos 35 minutos, o Madureira poderia até ter chegada à virada, se não fossem mais duas grandes intervenções de Márcio, o grande destaque da partida.
Com o resultado, as duas equipes terminaram a partida na quarta colocação, cada uma com um ponto. O próximo jogo do Bangu está marcado para quarta-feira, às 17h, fora de casa, contra o Bonsucesso. Já o Madureira vai até São Januário encararar o Vasco, em jogo marcado para quinta-feira, às 21h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.