Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Relatos emocionados de fiéis definem santo como milagroso - Diário Digital

Soldado romano, mártir e santo cristão. Essas definições, básicas, dadas a São Sebastião criam uma imagem apenas superficial do santo. Pelo menos isso é o que se pode perceber diante dos relatos emocionados de devotos dos quatro cantos de Mato Grosso do Sul. Eles o definem como “grandioso, incrível, milagroso" e até como "o maior de todos os santos”.
Morto em defesa da fé após perseguição de um imperador, São Sebastião é um dos santos mais antigos da Igreja Católica. Datado do século III, seu dia é comemorado nesta terça-feira (20) e uma legião de devotos lotam a paróquia batizada com seu nome, localizada no bairro Monte Carlo, em Campo Grande. Ele é considerado padroeiro contra fome, guerra, doenças, pestes e epidemias.
Segundo o pároco Marcelo Tenório, a estimativa é de que mais de 5 mil fiéis passam pela igreja, nesta data, todos os anos. “A festa costuma reunir devotos de vários lugares da cidade e até mesmo do Estado. São pessoas que aproveitam este dia para agradecer as graças alcançadas através do santo. Como pároco daqui desde 2007, os principais relatos que ouço, são em relação à cura de doenças”, explica o padre.
Este é o caso de Sidney Cunha, de 58 anos, que mantém sua devoção ao santo há mais de 24 anos. “Neste período já recebi inúmeras bênçãos, mas não poderia deixar de citar o que defino como verdadeiro milagre. Graças a São Sebastião, atravessei duas cirurgias graves contra um câncer de próstata e minha esposa também se curou de um complicado tumor no cérebro. Serei devoto pelo resto da minha vida!” diz Sidney, que neste ano foi o responsável pela organização da festa, juntamente com sua esposa e outro casal.
Karla Silva, de 36 anos, confessou à equipe do Diário Digital que é devota há pouco tempo, mas seu discurso emocionado transmitiu uma verdadeira adoração ao santo. “No ano passado passava por algumas dificuldades. Neste período, encontrei um quadrinho de São Sebastião, que havia sido dado de presente ao meu pai por minha mãe. Inexplicavelmente, fiquei profundamente emocionada naquele dia e resolvi segui-lo. Hoje me emociono, pois neste um ano, ele operou muitas graças na minha vida. Só estou aqui para agradecer”, revelou.
Cheia de animação, Florinda Farias, de 76 anos, participa da comunidade São Sebastião desde o início da capela, fundada em 1936. Hoje ela mora em uma fazenda em Bandeirantes, mas garante que nada a faz perder a festa ao santo. “Sempre que posso estou aqui, especialmente nesta data, que nunca deixei de vir. Meu marido e meus três filhos também são devotos. Temos muito a agradecer, principalmente pela nossa saúde. Nesse sentido já fomos muito agraciados pelo santo”, diz sorrindo.
A aposentada Ilma Gimenes, frequenta a igreja há mais de 25 anos e revela que a devoção dos fiéis é tamanha, que nada os fazem perder este dia de celebração. “As pessoas vêm do interior, algumas caminham mais de 10 quilômetros. O poder de São Sebastião é grandioso, milagroso”, descreve, ressaltando que sua maior graça foi a cura de seu pai, em 2010.
Ao longo do dia, fiéis de todas as partes utilizam uma fita vermelha para medir a imagem do santo. Segundo a tradição, caso a pessoa tenha alguma doença, ela mede a parte do corpo que precisa de cura na imagem. Em seguida, amarra essa fita no próprio corpo e até que se acabe. Os devotos garantem que isso cura qualquer doença.
A celebração ao dia de São Sebastião teve início no último dia 10 e termina hoje, quando ainda será feita uma procissão e uma grandiosa missa com participação do Bispo Dom Dimas, que encerra as festividades. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.