Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Com decreto, igreja de padroeiro do Rio vira santuário da arquidiocese

RIO DE JANEIRO, RJ - No Dia de São Sebastião, padroeiro do Rio de Janeiro, a igreja dos Capuchinhos, na Tijuca, zona norte do Rio, passará a ser um santuário religioso da arquidiocese nesta terça-feira (20), feriado na cidade, graças a um decreto municipal. Todos os anos, a igreja recebe a principal missa em homenagem ao santo, às 10h. "A igreja reconhece que é um lugar de interesse simbólico. Não é só uma paróquia, mas um templo que pode aumentar por ter o reconhecimento de que ali o povo acorre em peregrinação, em romaria", afirmou o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, em entrevista coletiva no Cristo Redentor, no Corcovado, zona sul do Rio, no início da tarde desta segunda-feira (19). A igreja guarda os restos mortais do fundador da cidade Estácio de Sá, a pedra fundamental do município e uma imagem histórica de São Sebastião, trazida de Portugal na época. O decreto que transforma a igreja em "templo religioso de especial valor afetivo dos cariocas" será decretado pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB) nesta terça. Outros atos civis relacionados as comemorações dos 450 anos do Rio, no dia 1º de março, também serão decretados nesta terça, mas a prefeitura disse que só vai divulgar os decretos durante a festa do padroeiro. A principal celebração acontece a partir das 16h com a procissão de cerca de quatro quilômetros que parte com a antiga imagem de São Sebastião da igreja dos Capuchinhos até a Catedral do Rio, no centro. No caminho, haverá seis paradas -entre elas uma no bairro Estácio (zona norte), na Capela Espírito Santo, onde 450 crianças soltarão balões vermelhos e brancos, cores de homenagem ao santo, depois a Liga das Escolas de Samba (Liesa) toca os hinos nacional e da cidade atrás do sambódromo e a Polícia Civil lança de helicóptero pétalas de rosas na altura da sede da corporação, próximo à Lapa. Além das homenagens dentro dos templos religiosos, a arquidiocese preparou uma surpresa para os visitantes do mirante do Cristo Redentor. A partir do meio-dia desta terça, uma banda com sucessos da Bossa Nova vai atrair a atenção de quem passa pelo ponto turístico. 'Há diversas programações de cunho cultural programadas. O auge delas será o Auto do Sebastião, que será encenado em um palco do lado de fora da Catedral [Metropolitana] e mistura a história do santo com a história da cidade', destacou o arcebispo. O espetáculo é baseado em um roteiro inédito no formato de um musical. 'Rio! 450 anos...Justos com São Sebastião. Como eu gosto de você' vai mostrar o santo em diversos momentos históricos da cidade, como o dia do 'Fico', a República, a criação do Theatro Municipal e a Jornada Mundial da Juventude. Vinte atores e oito bailarinos interpretam personagens que incluem D. João 6º e Napoleão Bonaparte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.