Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

SEGURANÇA E SANEAMENTO ESTÃO ENTRE AS EMENDAS SUGERIDAS NA BAIXADA

SEGURANÇA E SANEAMENTO ESTÃO ENTRE AS EMENDAS SUGERIDAS NA BAIXADA
Saúde, segurança pública e saneamento básico são as áreas que vão ser objeto de emendas de moradores da Baixada Fluminense à proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2015.  As sugestões, apresentadas durante audiência pública realizada pela Comissão de Orçamento da (Alerj) nesta segunda-feira (10/11), em Nova Iguaçu, serão incluídas no Projeto de Lei 3.200/14 – apresentado pelo Governo. “Essa reunião tem como objetivo tornar o orçamento participativo e aberto ao público, e estamos conseguindo isso. Muitas pessoas já mostraram interesse em propor sugestões”, afirmou o presidente da comissão, deputado Coronel Jairo (PMDB).

“Já estou fazendo o meu texto para mandar a comissão”, disse Maurílio Manteiga, morador de Nova Iguaçu. Ele reclama da falta de segurança na cidade. “Depois que as UPPS chegaram no Rio, os bandidos começaram a vir pra cá e a cidade ficou ainda mais violenta. É preciso mais policiamento e um batalhão na região, e é isso que eu vou propor”, contou Maurílio. A sugestão será enviada para o e-mail
orcamento2015@alerj.rj.gov.br, disponibilizado pela comissão.

Com base em Nova Iguaçu, o deputado Luiz Martins (PDT) vai propor emendas voltadas para a área de segurança pública. Ele quer pedir a criação de um Destacamento de Polícia Ostensiva (DPO) na região. O parlamentar identificou essa como uma das grandes necessidades da localidade, mas reiterou que outras demandas também serão contempladas por ele na apresentação das emendas. “Muita coisa já foi feita pela nossa cidade e por toda a Baixada, mas outras ainda precisam ser feitas. Falta pavimentação em muitas ruas, os rios que nascem nesta região e escoam na Baía de Guanabara precisam ser recuperados, além da continuação das obras da estrada RJ-105, que começaram neste ano e demandaram um investimento de R$ 33 milhões, mas ainda não foram finalizadas”, ressaltou o deputado.

Essas e outras sugestões da população e dos deputados devem ser apresentadas até sexta-feira (14/11). “Depois da apreciação dessas emendas, o Parlamento vota e, a proposta sendo aprovada, segue para a sanção do governador. A comissão, como todo o Parlamento, segue esse calendário, por isso, pedimos à população que envie o quanto antes essas sugestões”, pediu o deputado Luiz Paulo (PSDB), membro do colegiado.  O deputado explicou que esses textos ainda terão que ser adaptados pelos mesmos - para que se tornem emendas técnicas. "Isso não é tão simples assim. É preciso um pouco de tempo, afinal, temos que discriminar o local onde será contemplada a emenda e de onde será revertida a verba para a implementação da mesma", concluiu o deputado.
Texto de Buanna Rosa


Subdiretoria-geral de Comunicação Social
Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro
2588-1404 / 2588-1383 / 2588-1627 / 98890-6652

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.