Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Morreu Di Stéfano

Faleceu esta segunda-feira, em Madrid, aos 88 anos, o antigo avançado argentino Alfredo Di Stéfano. Considerado como uma lenda do Real Madrid, Don Alfredo havia sido internado no sábado, depois de uma crise cardíaca.
Formado no River Plate, o argentino chegou à Europa em 1953, para representar o Real Madrid nas 11 épocas seguintes. Nos merengues marcou uma era, ajudando os merengues a conquistar oito títulos de campeão nacional, uma Taça do Rei, cinco Taças dos Campeões Europeus e ainda uma Taça Intercontinental.
Depois de se retirar, Di Stéfano assumiu ainda uma carreira de treinador, onde comandou oito equipas, entre as quais o Real Madrid e, por um jogo apenas, o Sporting. Enquanto técnico, o argentino conseguiu as maiores conquistas em Espanha, levando o Valencia ao título de campeão em 1970/71 e ainda conquistando a Taça dos Vencedores das Taças em 79/80. No Real Madrid, o clube onde até agora era presidente honorário, foi técnico por três temporadas, mas apenas conseguiu vencer uma Supertaça.
Ligações a Portugal
Além das histórias partilhadas em campo com Eusébio, Di Stéfano tem também uma ligação a Cristiano Ronaldo. O argentino esteve presente na apresentação do avançado português e sempre mostraram uma cumplicidade muito forte. Colocado em segundo na lista de melhores marcadores da história dos merengues, Di Stéfano poderá esta época ser superado precisamente por CR7 nesse aspecto, já que o português soma 252 golos, contra os 305 do argentino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.