Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Brasil consegue primeira goleada e agora enfrenta o Chile sábado no Mineirão

Diante de Camarões, no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, o Brasil subiu o terceiro degrau dos sete para a conquista do hexacampeonato. O time comandado por Luiz Felipe Scolari conseguiu a primeira goleada na Copa e garantiu a classificação em primeiro lugar no Grupo A. O México, que venceu a Croácia por 3x1, ficou com a segunda vaga.


Com o resultado, o Brasil terá como adversário nas oitavas de final o Chile, no sábado (28), às 13h, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Os chilenos ficaram em segundo lugar no Grupo B, que teve a Holanda na frente. Quem perder estará fora do Mundial.
Depois de um primeiro tempo tenso, apesar da vitória parcial por 2x1, o Brasil conseguiu se impor em campo na etapa final. Com a entrada do meia Fernandinho no lugar de Paulinho, a seleção praticamente não deu chances para os camaroneses.
Melhor em campo, Neymar marcou dois gols, ainda no primeiro tempo, e assumiu a artilharia da competição. O zagueiro camaronês Matip empatou aos 25 minutos. Já no segundo tempo Fred, aos quatro minutos, conseguiu marcar o primeiro dele na Copa para aliviar um pouco a pressão da torcida depois de duas atuações apagadas. Fernandinho, aos 38 minutos, fechou o placar em 4 x 1.
O jogo de hoje (23) é o terceiro da Copa em Brasília e o terceiro recorde de público da história do Mané Garrincha. Depois de receber 68.351 torcedores no jogo entre a Suíça e o Equador, no dia 15 de junho, e 68.748 pessoas na partida entre a Colômbia e a Costa do Marfim, no dia 19, o estádio registrou hoje a presença de 69.112 pagantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.