Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 4 de janeiro de 2014

LITERATURA / O olhar tapajônico na literatura de Jussara Whitaker

Pela Editora Veloso, de Gurupi, acaba de sair o livro "Verão com tacacá e outros pitecos”, contendo uma seleção especial de 17 contos da escritora e socióloga Jussara Whitaker.
De forma cativante e num linguajar despido de pseudo intelectualismo a autora retrata com maestria  as acontecências  de um povo que tem como pano de fundo a região do Tapajós, no Norte do Brasil.
Para a também socióloga e jornalista  Marilene Silva Leite, que assina a apresentação da obra, "Verão com tacacá e outros pitecos” emerge suavemente no cenário amazônico como uma obra concebida no Olimpo pelos deuses da cultura, em um ritual sublime de encantamento de um mundo que não perdeu a referência, e nem a essência de ser do ser.
“Na obra, a preguiça é evidenciada como ócio de toda a filosofia de vida de um povo que habita a região amazônica, e que, apesar das novidades, proporcionadas pelo pós-modernismo, a mercearia ainda é o shopping e a praça, o centro de convenções onde a prosa está na ordem do dia”, observa Marilene.
A AUTORA Jussara Whitaker, paulista, vive na região amazônica há 15 anos. Socióloga, psicopedagoga, doutoranda em Educação, pesquisadora de temáticas sociais e culturais. Professora de Sociologia e Metodologia da Pesquisa Científica. Membro do Conselho Editorial da Revista Acadêmica Boyrá, da Faculdade do Tapajós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.