Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 26 de novembro de 2013

DEPUTADOS VISITAM OBRAS DO METRÔ E AFIRMAM QUE CRONOGRAMA ESTÁ EM DIA

As obras para a escavação da linha 4 do metrô avançam dentro do prazo e tem previsão para conclusão em 2016. Até a data prevista serão abertas seis novas estações entre Ipanema e o Jardim Oceânico, que levarão o metrô da Zona Sul para a Barra da Tijuca. Deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) visitaram nesta manhã (26/11), os túneis por onde o metrô vai passar e avaliaram o andamento dos trabalhos. Para o presidente da Casa, deputado Paulo Melo (PMDB), essa é uma obra de engenharia audaciosa que coloca o Rio novamente na perspectiva de ter uma mobilidade urbana que possa oferecer transporte de massa com qualidade para a população. “Estamos falando de uma obra arrojada, de engenharia nacional, que nós temos que ter orgulho. Essa obra transformará o panorama da mobilidade urbana do Rio de Janeiro”, afirmou o presidente.
No início deste ano, o Parlamento fluminense autorizou o governo a contratar empréstimos de R$ 3 bilhões para investimentos na obra do metrô em 2014. O equipamento que será utilizado para perfurar o solo -“Tatuzão Bárbara” - foi a principal atração da visita. A máquina, feita na Alemanha, tem 11 metros de altura e 123 metros de cumprimento. As peças foram trazidas em ordem e montadas dentro da caverna. Segundo o coordenador de produção do túnel, Alexandre Mahfuz, a máquina está em fase de testes, começará a funcionar no dia 16 de dezembro e será utilizada até setembro de 2015. O equipamento vai perfurar 5 km de solo. O restante do trecho será aberto com explosivos. “Essa máquina usa recursos muito específicos para esse tipo de obra, como a esteira transportadora que leva o material escavado para fora do túnel”, acrescentou Mahfuz.
Além dessa particularidade, o gerente de produção do consórcio Linha 4 Sul, Aluísio Coutinho, informou que o equipamento foi feito especificamente para esse projeto. “A máquina foi concebida de maneira peculiar para a geologia da cidade do Rio de Janeiro. É um instrumento que consegue fazer a escavação tanto do trecho inicial, em rocha, quanto do trecho final em areia”, explicou Coutinho.
O presidente da Alerj acrescenta que esta é a maior obra do estado do Rio de Janeiro no momento. “É uma obra fantástica. O Tatuzão é a maior perfuratriz da América Latina”, ressaltou o deputado. Para o secretário de Estado de Transporte, Júlio Lopes, as obras estão avançando com uma velocidade incrível e dentro dos prazos. “Nós vamos reabrir a estação General Osório do jeito que prometemos à população, no dia 20 de dezembro. Sem dúvida a linha quatro vai ser uma revolução na mobilidade dessa região e na estrutura da cidade do Rio de Janeiro”, concluiu o secretário.
(texto de Buanna Rosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.