Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 5 de novembro de 2013

COMISSÃO PREPARA MAPEAMENTO SOBRE COBERTURA DE CELULAR NO INTERIOR

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Telefônicas da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) está realizando um mapeamento dos municípios do estado do Rio que não possuem cobertura das operadoras de telefonia. Segundo o presidente do grupo, deputado Domingos Brazão (PMDB), a intenção do colegiado é apresentar um projeto ao Governo do estado para que antenas possam ser instaladas sem a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que também incide sobre serviços de comunicação, às concessionárias. O anúncio foi feito durante reunião do colegiado realizada nesta terça-feira (05/11). “Após a conclusão do estudo vamos apresentar o projeto, que fará parte do relatório final, e com apoio do Executivo vamos ver se conseguiremos levar as antenas para a população”, explicou o parlamentar, que disse que as operadoras que participaram da CPI têm concordado com a proposta.
O diretor Jurídico da empresa Nextel, Luis Fernando de Almeida, prestou esclarecimentos sobre as reclamações recebidas pela comissão. Segundo o diretor, a Nextel passou por um período de desafios devido à implantação do serviço de telefonia móvel e de dados da rede 3G. “O investimento para a obtenção da rede 3G, em 2010, foi de R$ 1,2 bilhão. Passamos por uma fase de transição e desafiadora, porém agora a empresa já começa a colher frutos concretos de melhorias para benefício do serviço prestado ao consumidor”, argumentou Luis, que informou sobre o projeto piloto em que a Nextel terá representantes nos postos do Procon-RJ do município do Rio para acompanhar e tentar solucionar casos de reclamação do cliente. “A previsão é que o plano seja ampliado para outros municípios do estado”, disse. Segundo dados da Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj (Codecon), presidida pelo relator da CPI, deputado Luiz Martins (PDT), até novembro foram recebidas 340 reclamações contra a empresa. "É inadmissível a ausência de informações sobre a atuação da Nextel no estado do Rio", criticou o parlamentar.
Brazão cobrou informações como previsão de instalação de novas antenas, valor dos investimentos no estado e o calendário sobre previsões para as realizações prometidas pela empresa. A Nextel prometeu enviar as respostas até a próxima semana à CPI. Também participou da reunião o deputadoXandrinho (PV).
(texto de Camilla Pontes)



Pedro Motta Lima
Diretoria de Comunicação Social da Alerj
(21) 2588-1627 / 2588-1404

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.