Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

DOM ORANI RECEBE HOMENAGEM NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, recebeu nesta quarta-feira (25/09) a Medalha Tiradentes e o Título de Cidadão do Rio de Janeiro, em solenidade realizada na Assembleia Legislativa do Ri (Alerj). A mobilização do arcebispo durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e o trabalho desenvolvido na Igreja Católica motivaram a cerimônia, organizada pelo deputado Paulo Ramos (sem partido). Dom Orani reforçou a relação da Igreja com responsabilidades civis e recuperação de valores, para fazer com que as pessoas façam o bem. No Rio desde 2009, ele lembrou as experiências no estado, como a entrada da Igreja em áreas recém-pacificadas, e afirmou que a homenagem o incentiva a continuar o trabalho.  "Já deu para conhecer muito bem a realidade. Foram bem lembradas as situações que nesses anos nós vivemos. Ao receber o título, eu agradeço essa oportunidade e me põe como uma pessoa mais comprometida com o estado", disse.
A ideia inicial de Ramos era condecorá-lo com a medalha. O prêmio já tinha sido proposto, porém, pelo ex-deputado Rodrigo Dantas e aprovado no fim de 2009. Ramos decidiu, portanto, acrescentar o título para valorizar a atuação de Dom Orani, que é nascido em São José do Rio Pardo, no estado de São Paulo, e realizar a entrega de ambas condecorações, no Palácio Tiradentes.O presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB), também reconheceu e destacou o papel do arcebispo no Rio. Para ele, D. Orani se caracteriza por ser uma pessoa “humilde”, “sem arrogância” e que “traz uma mensagem de fé”. Melo recordou ainda momentos da infância dele em que a religião foi fundamental para fazer escolhas. “Eu queria vir para o Rio de Janeiro, queria tentar a vida aqui, melhorar de vida, sonhava em sair da pobreza permanente da minha cidade (Saquarema). Eu vim impulsionado pela fé, pela crença em Deus, por acreditar que Deus move montanhas”, contou o presidente da Alerj. 
Ramos lembrou que, recentemente, Dom Orani esteve à frente da JMJ. Segundo ele, além de ter conduzido a organização do evento religioso com competência e sem protagonismo midiático, o arcebispo teve uma função fundamental para a humanidade.  “Ele tem tido destaque grande, além de a Igreja Católica ter muito prestígio e estar recuperando fiéis. Dom Orani se comporta ainda, com tolerância, respeitosamente com outros religiosos”, apontou.  Já Dantas lembrou que a entrega da Medalha Tiradentes a Dom Orani foi sugerida pelo ex-prefeito do Rio Cesar Maia. Os deputados Robson Leite (PT) e Thiago Pampolha (PSD), o vereador do Rio Carlo Caiado (DEM), o bispo auxiliar do Rio Dom Roque Costa Souza e o desembargador Siro Darlan também estiveram presentes à solenidade.
Texto de Gabriela Caesar

Fernanda Galvão
Diretoria Geral de Comunicação Social 
da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro
2588-1627 / 9433-3994 / 9726-0409

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.