Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

COMISSÃO FARÁ CONTATO COM ANATEL PARA MELHORAR TELEFONIA NO INTERIOR

A Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai interceder junto à Anatel para que haja um entendimento entre as operadoras de telefonias móvel, fixa e banda larga e as prefeituras dos municípios da chamada Serra Azul, que compreende os municípios de Paty do Alferes, Miguel Pereira, Vassouras, Mendes e Paulo de Frontin, no Sul fluminense. O anúncio foi feito pelo presidente do colegiado, deputado Dionísio Lins (PP), nesta sexta-feira (27/09), durante audiência pública, em Paty do Alferes, onde a qualidade dos serviços oferecidos pelas operadoras de telefonia foram debatidos. “A comissão vai tentar fazer uma aproximação entre a Anatel e os prefeitos para descobrir qual é o problema. Se for a antena, vamos aproximar as esferas de governo e ver o que pode ser feito. Podemos incluir a iniciativa privada local e tentar resolver o problema. O que não pode é continuar do jeito que está”, disse o parlamentar.
Lins afirmou ainda que, caso não haja entendimento, pretende entrar com uma ação junto ao Ministério Público para cobrar uma resposta das empresas. Segundo o secretário de Turismo do município de Paty, Jarbas Macedo, os problemas com a falta de comunicação já causaram a morte de pessoas pela dificuldade de entrar em contato com os prestadores de socorro, além de provocar o desinteresse de novas empresas se instalarem na região. “Dessa forma, o desenvolvimento fica comprometido e vidas não podem ser perdidas dessa forma”, reclamou.
Paty do Alferes é conhecida como a capital do tomate. Produz por ano 50 mil toneladas do alimento e no feriado de Corpus Christi recebe 40 mil pessoas para a festa de comemoração da produção. Segundo o prefeito, Rachid Elmôr, o município poderia estar em melhor situação, aproveitando o bom momento vivido pelo estado, caso não houvesse esses problemas com as operadoras de telefonia. “A cidade perde muito com isso. Somos o maior produtor de hortifrutigrangeiros do estado, tendo o tomate como carro chefe. Também abrigamos outras atividades na área têxtil e de laticínios, além do próprio turismo rural. Este problema nos prejudica na atração de novos investidores”, salientou.
O deputado federal Eurico Junior (PV/RJ), disse que as operadoras não vêm cumprindo os contratos. “Temos que exigir que a Anatel cobre das operadoras o que foi prometido. Se o que foi contratado, de fato, fosse executado, a nossa região não teria esses problemas de telefonia”, frisou. Representantes de todas as operadoras foram convidados para a reunião, mas ninguém compareceu.
(texto de Vanessa Schumacker)

Pedro Motta Lima
Diretoria de Comunicação Social da Alerj
(21) 2588-1627 / 2588-1404

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.