Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Milhares de pessoas aproveitaram o dia de sol para homenagear Brasília

Ivan Richard

Repórter da Agência Brasil

Brasília - No dia em que Brasília comemora 53 anos, a Esplanada dos Ministérios, centro da capital do país, foi o destino de milhares de pessoas que aproveitaram o dia de sol para homenagear a cidade, se divertir com as atrações e curtir o domingo em família. Segundo estimativa da Polícia Militar (PM), cerca de 100 mil pessoas participaram das diversas atividades durante todo o dia. A PM manteve de plantão na área 2 mil policiais.

Para a aposentada Elza Malheiros, 83 anos, o aniversário de Brasília representa também uma volta ao passado. Mãe de seis filhos, todos criados em Brasília, ela já estava aqui quando a cidade foi inaugurada, no dia 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek. “Eu sou daqui antes mesmo de Brasília existir”, brincou a aposentada de sorriso fácil. Sentada em um banquinho ao lado da filha mais velha ela contou que praticamente arrastou o marido para a nova cidade, dois anos depois da inauguração.
Nascida em Corumbá (GO), ela deixou os cinco filhos com o marido e viajou grávida para assistir à inauguração do nova capital, a convite do casal de cunhados. “Meu marido não gostava de festa e não acreditava em Brasília. Veio quase arrastado porque não queria vir para cá. Sempre fui muito curiosa, aventureira, guerreira, por isso vim para a inauguração.”

Depois de 53 anos, a aposentada não se arrepende a decisão que tomou. “Sou muito agradecida ao Juscelino e a Brasília”. Sua filha mais velha, Teresinha Malheiros, também agradece à mãe e à cidade pela acolhida. “Tudo que a gente tem deve à coragem da minha mãe de [ter vindo] para cá”, ressaltou.
A diarista Maria José Alves aproveitou a festa para ajudar a filha Luana, de 13 anos, a juntar dinheiro para um passeio a São Paulo. As duas prepararam um isopor com “dim-dim” (um tipo de sorvete caseiro, feito em sacos plásticos) e foram de Taguatinga para a Esplanada. “Ela [a filha] precisa de R$ 600 e estamos fazendo esse esforço. A gente aproveita a festa e tenta juntar um dinheirinho”, contou. Segundo ela, se conseguir vender todo o isopor vai apurar cerca de R$ 50.
A contadora Karine Tavares e o marido levaram o filho de 9 anos para participar das comemorações. “A gente achou que podia ser um momento de lazer em família. Andar um pouco no centro do poder”. Ela arriscou a aventura de descer na tirolesa (cabo aéreo fixo em dois pontos, que o praticante percorre em uma espécie de cadeirinha) montada nas proximidades do Museu da República e disse que teve muito medo.

As atrações disponíveis para a população na Esplanada dos Ministérios motivaram a aposentada e estudante do primeiro semestre de fonoaudiologia Maria de Fátima Ferreira dos Santos, 56 anos, a passar mensagem sobre a necessidade de cuidar da voz. Cursando o primeiro semestre da faculdade de fonoaudiologia, ela decidiu voltar ao estudos para tentar ajudar a filha, de 21 anos, que tem deficiência auditiva.
“Quando era jovem, não tive oportunidade de estudar. Depois que me aposentei, decidi voltar para a escola para ocupar o tempo e também para ajudar a minha filha a ter uma vida melhor, já que ela tem deficiência auditiva”, disse à Agência Brasil.

Com o rosto pintado com a palavra voz, ela distribuía sorrisos efolders da Campanha da Voz 2013, organizada pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. “É muito importante conscientizar a população da importância dos cuidados para sempre manter a voz saudável. Também temos que disseminar o trabalho dos fonoaudiólogos”, frisou.
Para celebrar o aniversário de Brasília, o governo do Distrito Federal preparou uma programação com eventos esportivos, brincadeiras para as crianças e shows musicais de vários artistas nacionais. A programação completa pode ser vista na internet.
Edição: Tereza Barbosa
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.