PARADÃO CAMPINARTE

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Carnaval 2011 / Santa Cruz da Serra – Ensaio Técnico da Grande Rio

As poderosas lentes do nosso Observatório Comunitário captaram sábado (26/02) na Avenida Automóvel Club em Santa Cruz da Serra o ensaio técnico do G.R.E.S. Acadêmicos do Grande Rio.

Como todos sabem a escola de Caxias foi a mais prejudicada com aquele incêndio na Cidade do Samba.
Mas, apesar dos pesares, o que as nossas lentes captaram nesse ensaio técnico em Santa Cruz da Serra foi muita animação e muita garra de todos os componentes e diria que o grande destaque ficou por conta do carinho do grande público que compareceu para prestigiar o último ensaio técnico da Grande Rio. Confira as imagens:

Nova Campinas / Escola de Samba Mirim - Arco-Íris da Vida / Nota de Esclarecimento

Infelizmente este ano nosso projeto da Escola de Samba Mirim Arco-íris da Vida não estará no carnaval 2011, nos restou aguardar e manter a esperança do registro e CNPJ através de processo que se encontra junto à ALERJ (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), um momento de tristeza e mais uma vez a confirmação da realidade e a necessidade da confirmação profissional.
Texto: Jorge Luiz do Nascimento Costa / Confira na Revista digital JN ILHA FANTASY

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Carnaval / 2011 - Campinarte dá a dica / Bloco Atrás da Máscara Negra: Os Foliões do Engenho

Funkeira Verônica Costa é acusada de torturar marido, no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a funkeira e ex-vereadora Verônica Costa está sendo acusada pelo crime de tortura. A denúncia foi feita pela família de seu marido, Márcio Costa.
Márcio está internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular da Zona Norte do Rio de Janeiro com queimaduras de segundo grau em várias partes do corpo.
De acordo com o pai de Márcio, os ferimentos foram provocados por Verônica Costa. Ele contou a polícia que na noite da última segunda-feira (21), Márcio, de 34 anos, estava no quarto do casal, quando Verônica chegou com quatro pessoas da família dela. O homem teria sido amarrado e trancado em um banheiro e, depois de passar mais de 20 horas trancado em casa, conseguiu fugir, pular um muro e se esconder na casa de vizinhos.
Márcio contou que Verônica Costa suspeitava que ele tivesse uma amante, e tivesse roubado dinheiro da campanha dela em 2010. Ela disputou a eleição para deputada estadual, mas não se elegeu.
Verônica Costa foi procurada pela produção do ‘Bom Dia Brasil’, mas não atendeu. Ela está sendo acusada de tortura e será convocada pela polícia para prestar esclarecimentos. Bom Dia Brasil - Confira

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

GRANDE RIO 2011 SAMBA CAMPEÃO

Samba da Mangueira para o Carnaval 2011 escrito por Alemão do Cavaco (Grupo Dose Certa) e outros compositores on Vimeo

Operação da prefeitura apreende latas de spray de espuma no Saara

Fiscais encheram quatro caçambas de caminhonetes com as latas de espuma apreendidas. Foto: Bruno Gonzalez
Uma operação da prefeitura apreendeu, nesta terça-feira, mais de 3 mil latas de spray de espuma que estavam sendo vendidas no Saara, no Centro. Três lojas tiveram lotes da mercadoria recolhidos e receberam multa de R$ 2 mil cada.
A fiscalização foi realizada por agentes da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Ordem Pública, Guarda Municipal e Polícia Militar. A solicitação partiu da Câmara de Vereadores e teve apoio da Associação de Blocos e Bandas Folia Carioca. O presidente da Folia Carioca, Ricardo Rabelo, comemorou o que, para ele, foi uma "vitória do carnaval do Rio". - Confira - Extra Online

Ingressos de setor popular da Sapucaí esgotam em 37 minutos

Nem bem teve início e já foi encerrada a venda dos ingressos para as arquibancadas populares da Marquês de Sapucaí para os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial. A venda teve início pelo telefone as 9h desta quarta-feira e terminou em menos de 40 minutos.
De acordo com a Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesa), os tickets para o setor 6 esgotaram em 25 minutos e para as arquibancadas do setor 13 acabaram em 37 minutos. Os ingressos custaram R$ 10.
O pagamento e a retirada dos ingressos acontecerão no próximo sábado, das 8h às 16h, no posto avançado da Central de Atendimento, que estará montado atrás do setor 11 do Sambódromo.
A Liesa ressalta que somente a própria pessoa que fez a reserva poderá retirar os ingressos, portando o CPF. Caso o pagamento não seja efetuado neste dia, o folião perde a reserva e o ticket será colocado novamente à venda. O DIA ONLINE - CONFIRA

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Carnamar foi destaque pré-carnavalesco no fim de semana

Carnamar agita fim de semana pré-Carnaval
A manhã do último domingo foi festiva em Paraty. O Carnamar abriu a programação carnavalesca de 2011 com uma animada procissão marítima de cerca de uma hora encerrada na Praia Vermelha (eeja abaixo a galeria de fotos de autoria de Marcos Modesto, da Folha do Interior). O evento é uma promoção da Secretaria Municipal de Turismo, com apoio da Capitania dos Portos, Defesa Civil e Corpo de bombeiros. Cerca de 230 pessoas estiveram envolvidas na produção do evento. Jornal do Brasil - Confira

Concer recupera pavimento no km 110 da BR-040, em Caxias

Um serviço de recuperação do pavimento em Duque de Caxias, realizado pela Concer, deixa a BR-040 parcialmente interditada entre os kms 110 e 109, na pista sentido Petrópolis. O trecho está sinalizado, mas ainda assim exige atenção redobrada dos motoristas.
Também em Caxias, prossegue a obra de alargamento das pontes sobre o Rio Iguaçu, no km 115, na mesma pista do sentido Petrópolis. No local, a rodovia opera com duas faixas e uma pista reversível.
A interdição do Viaduto Lobo Junior, na Penha, continua provocando retenções na BR-040 para quem se dirige à Linha Vermelha e à Avenida Brasil. A retenção começa a partir do km 119.
Em Areal, a pista sentido Juiz de Fora opera em mão dupla por um trecho de 800 metros do km 43. Já em Três Rios, há meia pista no km 34, sentido RJ, para obra emergencial. Jornal do Brasil - Confira

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Hino do Estado da Paraiba

Ronaldinho Gaúcho no ensaio da Grande Rio


 O Bom Dia Brasil prepara uma série de reportagens com as paradinhas das escolas de samba do Rio de Janeiro, que vai ao ar na semana do carnaval. Mas no domingo (20, quando a equipe de reportagem filmava a Grande Rio, do Mestre Ciça, foi surpreendida por uma visita.
É que depois do jogo em que o Flamengo derrotou o Botafogo e chegou à final da Taça Guanabara, Ronaldinho Gaúcho deu – ele mesmo — uma paradinha na Marques de Sapucaí.
"É uma escola onde tenho muitos amigos, que nunca me deixaram faltar um pingo de carinho quando eu vinha ao Rio de Janeiro. Nunca me senti tão Grande Rio como no dia de hoje", disse o craque.
No vídeo, o que você vê é uma pequena amostra do que vai ser o especial ‘Paradinhas’ do Bom Dia Brasil. Bom Dia Brasil - Confira tudo

Ensaio do Monobloco leva 3,5 mil pessoas para a Lapa

Em clima de carnaval, o Monobloco levou 3.500 pessoas para a Fundição Progresso, na Lapa, centro do Rio de Janeiro, na madrugada deste sábado (19), para o seu primeiro ensaio rumo à folia. Composto basicamente por jovens, o público lotou o local e não parou de pular enquanto o grupo de percussão tocava vários ritmos nacionais, principalmente samba, marchinhas e canções da MPB.
A bateria do Monobloco mostrou estar bem ensaiada, realizando algumas paradinhas ao longo da apresentação. Os ritmistas tocavam instrumentos como surdos, caixas, repiques, tamborins, agogôs e cuícas. Jornal do Brasil - Carnaval 2011 - Confira

Bloco arrasta multidão de foliões pela orla do Leblon, na Zona Sul do Rio

Bloco Me Esquece (Foto: Fabio Motta/AE)
Multidão de banhistas e foliões acompanha a passagem do bloco 'Me Esquece', neste domingo (20), pela Avenida Delfim Moreira, na orla do Leblon, na Zona Sul do Rio (Foto: Fabio Motta/AE)
Cariocas aproveitaram dia de sol para curtir praia e folia pré-carnavalesca.
'Me Esquece' animou banhistas no 1º domingo após fim do horário de verão.
Bloco Me Esquece (Foto: Fabio Motta/AE)
Grupo animado de foliãs deixou o mar de lado para brincar no bloco neste primeiro domingo depois do fim do horário de verão (Foto: Fabio Motta/AE)

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Olaria vence e está na final do Torneio Washington Rodrigues

Na segunda semifinal do Torneio Washington Rodrigues, melhor para o Olaria. Neste domingo, o time da Rua Bariri derrotou o Nova Iguaçu por 3 a 1 e se classificou para a final do Torneio Washington Rodrigues, contra o Resende, no próximo domingo. Saiba mais / federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro

Jovem morre ao cair de trio elétrico de bloco na Zona Sul do Rio

Uma jovem de 21 anos morreu na tarde deste domingo (20) ao cair do trio elétrico de um bloco de rua em Copacabana, na Zona Sul do Rio. De acordo com a assessoria do bloco "Ensaio Geral", o trio elétrico passava pela Avenida Atlântica, na altura do Hotel Copacabana Palace, por volta das 15h20, quando a foliã se desequilibrou e caiu do alto do trio, batendo com a cabeça no chão.
Ela chegou a ser encaminhada ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. G1 - Saiba mais

Taça Guanabara / Fla bate o Botafogo nos pênaltis e está na final da Taça Guanabara

'São' Felipe garante o Fla na decisão (André Durão / Globoesporte.com)
'São' Felipe garante o Fla na decisão
Após empate no tempo normal, goleiro pega dois pênaltis e ajuda time a chegar à final Confira no globoesporte.com

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Reforma do Marrentão: licitação sai no dia 22/03

O sonho da torcida do Duque de Caxias de voltar a jogar em casa em torneios nacionais está chegando perto de se realizar. Nesta quarta-feira (16), passou a constar no Diário Oficial a nota que convoca as empresas para a licitação da obra no Estádio Romário de Souza Faria, o Marrentão, que acontecerá no dia 22 de março, às 11h.
A reforma sairá de um convênio com o Governo do Estado com a Petrobras, que visa, além de aumentar a capacidade do local de sete para 12 mil torcedores, realizar melhoras nas instalações para que o local passe a receber projetos sociais que inclui a parceria do Tricolor da Baixada com o CEPE, que rendeu o título da Copa do Brasil Feminina.
As obras estão orçadas em R$ 3,8 milhões e incluem a ampliação da arquibancada, a melhora dos vestiários, das instalações dos cursos (existe um polo da UFRJ centro do centro esportivo) e do gramado (muito criticado deste a Série C de 2008). Após o início das obras, que devem começar logo após a licitação, o prazo de conclusão é de 6 meses.
Com isso, o Tricolor deve começar jogando a Série B deste ano fora de casa, provavelmente no Estádio de São Januário, já que o Los Larios não comporta a capacidade exigida pela CBF. O local não recebe jogos do time profissional do Duque desde a vitória por 2 a 0 sobre o Friburguense, na ultima rodada do Triangular da Morte no ano de 2010. Sou Duque :: Confira

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Tigres estreia com vitória no Estadual da Série B

Confira / Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro
Jogando na tarde desta quarta-feira (16/02) no estádio De Los Lários pela segunda rodada do Estadual da Série B, o Tigres do Brasil estreou com vitória por 2 a 0 sobre o Cardoso Moreira. Os gols foram marcados pelo meia Giovanni e pelo volante Pedrinho que atuou na lateral-direita. Na preliminar do jogo do Profissional, a equipe comandada pelo treinador José Claudio Caçapava também estreou com vitória. O Tigres venceu o Cardoso Moreira por 4 a 1 de virada.  

Polêmica do 'Deus nos Livre de um Brasil Evangélico' de Pr. Ricardo Gondim

Pastor Ricardo Gondim gera polêmica sobre a sua recente publicação initulada “Deus nos livre de um Brasil evangélico.”

Segundo ele, era necessário escrever sobre o seu pavor de ver o Brasil tornar-se evangélico. Para ele existe o sonho dos evangélicos de que o “país se convertesse em massa e a terra dos tupiniquins virasse num país legitimamente evangélico.”
Ricardo se refere ao movimento evangélico como subgrupo do Cristianismo e do Protestantismo conhecido como tal.
“A esse movimento não interessa que haja um veloz crescimento entre católicos ou que ortodoxos se alastrem. Para “ser do Senhor Jesus,” o Brasil tem que virar "crente," com a cara dos evangélicos.
Os avanços numéricos de evangélicos, diz ele, já passam a idéia de como seria desastroso se tal evento acontecesse no Brasil.
Ricardo se preocupa na perda de valores culturais já existentes, citando por exemplo as poesias de Carlos Drummond de Andrade, “Quem, entre puritanos, carimbaria a poesia de um ateu como Carlos Drummond de Andrade?”ou os ensinamentos de Charles Darwin nas faculdades, “Facilmente se restabeleceria o criacionismo como disciplina obrigatória em faculdades de medicina, biologia, veterinária.”
Para ele o Brasil evangélico não teria folclore. “Acabaria o Bumba-meu-boi, o Frevo, o Vatapá. As churrascarias não seriam barulhentas. O futebol morreria. Todos seriam proibidos de ir ao estádio ou de ligar a televisão no domingo.”
Sua outra preocupação é que isso seria um triunfo da “american way of life,” mencionando que o Brasil possui uma espiritualidade e moralidade cópias malfeitas da cultura dos Estados Unidos.
Além disso, ele afirma que o Brasil evangélicos acirrariam o “preconceito contra a Igreja Católica e viria a criar uma elite religiosa, os ungidos, mais perversa que a dos aiatolás iranianos.”
Ricardo esclarece que “Cristo não pretendeu anular os costumes dos povos não-judeus.” “Daí ele dizer que a fé de um centurião adorador de ídolos era singular; e entre seus criteriosos pares ninguém tinha uma espiritualidade digna de elogio como aquele soldado que cuidou do escravo.”
Ele enfatizou, desta maneira, que levar a boa notícia não significa exportar uma cultura, criar um dialeto, forçar uma ética.
“Evangelizar é anunciar que todos podem continuar a costurar, compor, escrever, brincar, encenar, praticar a justiça e criar meios de solidariedade; Deus não é rival da liberdade humana, mas seu maior incentivador.”
Por estas razões ele escreveu e reafirmou, “Portanto, Deus nos livre de um Brasil evangélico.” Confira Christianpost.com

Copa do Brasil – Bangu vence fácil a Portuguesa/SP

Com autoridade o Bangu não se intimidou contra a Portuguesa, venceu por 3 a 1 e poderia até ter feito mais gols na equipe paulista, na estreia do clube na Copa do Brasil 2011. Thiago Galhardo (2) e Pipico marcaram os gols do time da casa e Kempes descontou. Agora o time alvirrubro leva a vantagem para o segundo jogo, próxima quarta-feira, no Estádio do Canindé. FutRio – Saiba mais

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O Campinarte cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento de Osvaldo dos Santos / Ex Presidente da Associação de Moradores de Nova Campinas

Osvaldo dos Santos morreu sexta-feira 11 de Fevereiro de 2011.
O ex presidente da Associação de Moradores de Nova Campinas (92/94) estava internado no Hospital de Saracuruna e segundo informações de familiares a causa da morte foi insuficiência respiratória. O enterro será sábado (12/02) no Cemitério da Taquara (11 horas) – Terceiro Distrito de Duque de Caxias.
Osvaldo dos Santos teve uma intensa participação comunitária independente de ser ou não ser presidente da associação de moradores de Nova Campinas. Sempre muito envolvido com o esporte, com o social, arte e cultura na comunidade, procurava (do seu jeito) promover e incentivar ações sempre visando uma melhor qualidade de vida para todos os moradores.
Osvaldo, como presidente da Associação de Moradores entre os anos de 1992 / 1994, teve grande influência para que a PMDC inaugurasse em Nova Campinas uma escola municipal (Senador Afonso Arinos) na época o prefeito era o Dr. Moacir do Carmo.
Outra participação importante de Osvaldo dos Santos foi na construção da estrada que liga o conjunto de Nova Campinas a Rio/Magé em 1997.
Osvaldo nasceu em Ilhéus (Bahia) no dia 10 de Fevereiro de 1950. Era divorciado deixa dois filhos e quatro netos.
Na foto Osvaldo no baile da Terceira Idade realizado (julho/2009) na Associação de Moradores de Nova Campinas ao lado de Beto Castelo e Seginho da Gráfica

É com tristeza que manifestamos o nosso profundo pesar pela perda deste estimado amigo. (Huayrãn Ribeiro)

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Criança morre afogada em aula de natação com dois professores em Brasília


Brasília - Uma criança de apenas 2 anos na tarde de terça-feira morreu durante uma aula de natação em uma escola particular na Asa Sul da capital federal. Daniela Camargo Casali fazia a aula em uma piscina rasa separada por uma grade com portão de uma piscina mais funda, onde ocorreu o acidente. A aula era acompanhada por dois professores e três assistentes, mas ninguém viu a menina mudando de uma piscina para outra.
Assim que notaram a ausência da criança, os professores levaram Daniela para o hospital. Os médicos tentaram reanimá-la por 20 minutos, mas ela não resistiu. Filha de um casal de funcionários públicos, Daniela participava de seu segundo dia de aulas na nova escola.
A Polícia abriu inquérito para apurar as causas do acidente. Os legistas mediram o crânio da menina, a profundidade das piscinas e a distância entre as grades. O objetivo é descobrir se a criança conseguiu passar pelas grades que separam ambas as piscinas ou se o portão estava aberto.
Os pais estavam revoltados com o acidente. Segundo informações da família, Daniela era apaixonada por natação e praticava o esporte antes mesmo de entrar na escola. Além disso, os pais tentaram engravidar durante 15 anos e fizeram diversos tratamentos para gerar Daniela. O DIA ONLINE - BRASIL -

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Mulher é morta a pedradas na Baixada

O corpo de uma mulher morta a pedradas foi encontrado no início da manhã desta segunda-feira em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Policiais do 15º BPM (Duque de Caxias) foram acionados por moradores e estiveram no local, mas ainda não indentificaram a vítima. O corpo estava na Rua Paraopeba, no bairro Ambaí. A 52ª DP (Nova Iguaçu) investiga o caso - O DIA ONLINE -

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Por causa de incêndio, carnaval não terá escola rebaixada neste ano

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou na noite desta segunda-feira (6) que nenhuma escola de samba do grupo especial do Rio será rebaixada após o desfile deste ano. A mudança no regulamento foi decidida durante reunião com o presidente da Liesa (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), Jorge Castanheira, e os presidentes das três escolas cujos barracões foram incendiados na manhã desta segunda na Cidade do Samba. O fogo destruiu os barracões da Portela, União da Ilha e Grande Rio - a principal prejudicada, que perdeu tudo, inclusive os figurinos de suas fantasias. Fonte - iG

Incêndio na Cidade do Samba / Sobreviventes da Grande Rio

O chefe de ateliê da Grande Rio, Robson Pantoja, informou que sete pessoas estavam no barracão da escola, no momento do incêndio, mas que todos se salvaram. O caso mais dramático foi de um dos integrantes da escola, que estava no quarto andar.
“Ele não conseguiu descer pelas escadas, porque o fogo e a fumaça tinham tomado conta de tudo. Só era possível sair pela janela”. Segundo Pantoja, ele se jogou sobre um dos carros alegóricos para se salvar. “Felizmente, os carros eram forrados de espuma, isopor, então ele conseguiu se salvar. Não sofreu ferimentos graves”.
Pantoja diz que a destruição foi total no barracão, mas que a escola vai se reerguer. “Foi um trabalho de meses, artesanal. Isso não se faz de um dia para o outro. Mas a gente vai ter de dar a volta por cima”. (Band)

Incêndio destrói a Cidade do Samba

video
Um incêndio de grande porte destrói a Cidade do Samba, na Zona Portuária do Rio. Segundo as primeiras informações, pelo menos três barracões - Portela, União da Ilha e Grande Rio - estão sendo atingidos pelas chamas. É possível ver as colunas de fumaça à distância. Não há informações sobre feridos. O Corpo de Bombeiros acaba de chegar ao local.
Grande parte do telhado e paredes já vieram abaixo por conta do fogo.  A situação é bastante complicada no local, uma vez que os Bombeiros parecem não dar conta do incêndio, que se alastra rapidamente.
Os barracões atingidos são das escolas de samba Portela, Grande Rio e União da Ilha e um outro da Liga Independente das Escolas de Samba. O artesão Simon Garcia, de 26 anos, que trabalhava no barracão da Grande Rio ficou ferido. Ele estava dormindo no galpão da escola quando as chamas começaram, e se jogou do terceiro andar do prédio para fugir do fogo. O rapaz foi levado para o Hospital Souza Aguiar, onde está internado.

Na raça, Duque de Caxias vence de virada o Olaria: 4 a 2

Em um jogo de dois tempos distintos, o Duque de Caxias goleou o Olaria por 4 a 2 na tarde deste domingo, em jogo disputado no estádio de Los Larios, em Xerém (RJ). O time do subúrbio carioca chegou a abrir dois gols de vantagem, mas teve dois jogadores expulsos e viu a equipe da Baixada marcar quatro vezes na etapa final e sair com a vitória.
O Olaria abriu o placar aos 26 minutos, com Renam Silva. Aos 31, foi a vez de Felipe cobrar pênalti e ampliar a vantagem.
O lance que mudou a história do jogo a favor do Duque aconteceu aos 43 do primeiro tempo: o atacante Victor, do Olaria, entrou duro em um adversário e foi expulso direto pelo árbitro Philip George Bennett. O time da Rua Bariri foi para o intervalo com apenas dez jogadores.
Em vantagem numérica, o Duque iniciou a reação logo no começo da etapa final. Aos cinco minutos, Somália, de cabeça, descontou. Aos 16, Juninho, em excelente cobrança de falta, deixou tudo igual.
Dois minutos depois, Danilo foi expulso e deixou o Olaria com nove jogadores em campo. O Duque não perdoou. Aos 35, John, que entrou no intervalo, fez o gol da virada, e aos 38, Somália marcou seu segundo na partida e o quinto no campeonato, para dar números finais ao placar.
Com a derrota, o Olaria não tem mais chances matemáticas de classificação para as semifinais da Taça Guanabara, e segue com sete pontos em seis partidas na Taça Guanabara. O time suburbano foi alcançado pelo próprio Duque de Caxias. (O Globo)

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Taça Guanabara 2011 - Os gols de Vasco 3 x 0 Americano

Taça Guanabara 2011 - Os gols de Boavista 2 x 3 Flamengo

Gente de Santa Cruz da Serra

Nossas poderosas lentes captaram (a exemplo de Nova Campinas) imagens do povão de Santa Cruz da Serra, um dos melhores bairros de Duque de Caxias - RJ. Fotos que foram publicadas ora no Campinarte ora no Observatório Comunitário. Homens, mulheres, crianças, trabalhadores, estudantes, profissionais de diversas áreas, enfim, amigos leitores o Observatório Comunitário apresenta – Gente de Santa Cruz da Serra.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Santa Cruz da Serra (esporte) FERNANDO GARRIDO AGORA É ÁRBITRO DA CBX

Fernando Garrido (foto) da Real Sociedade dos Amigos do Xadrez de Santa Cruz da Serra agora é árbitro da Confederação Brasileira de Xadrez.
Após a realização do Curso de Arbitragem CBX (ID 1136/11) nos dias 15 e 16/01/2011 no Alfa Barra Clube, sob a direção do AF Élcio Mourão, Garrido teve oficialmente o seu nome registrado na CBX - Confederação Brasileira de Xadrez na relação de Árbitros Auxiliares que é a categoria inicial de árbitros da entidade máxima do xadrez brasileiro.
Agora, Fernando Garrido poderá participar oficialmente como árbitro em torneios da CBX, podendo assim galgar categorias superiores na arbitragem de xadrez, conferindo maior credibilidade também nos torneios que organizar no xadrez local tanto no amador quanto no escolar.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Funai quer levar turistas para reservas indígenas, mas entidade vê problemas

Um projeto ainda em fase de estudos pela Funai (Fundação Nacional do Índio) pretende explorar um destino ainda pouco conhecido no turismo brasileiro: as reservas indígenas. Com um projeto piloto no sul do Amazonas e outros pedidos de viabilidade na fila para serem analisados, a ideia é fazer do turismo um ganha-pão para comunidades indígenas pelo país.
A primeira experiência, em Humaitá (AM), existe há mais de três anos e consiste em levar turistas para praticar pesca esportiva no território indígena Tenharim/Marmelos. O coordenador da Funai na região, Walmir Parintintin, afirma que a iniciativa partiu da própria comunidade tenharim e buscava uma alternativa de renda para evitar a exploração de madeireiros e garimpeiros.
- Em muitos lugares, que não há alternativa, os indígenas se misturam com os madeireiros e com garimpeiros, explorando madeira e criando garimpos ilegalmente. Acaba um monte de índios respondendo a processos e as terras devastadas. Já o turismo é viável, é uma atividade legal, que não degrada.
Segundo a Funai, os recursos gerados pela atividade variam de R$ 60 mil a R$ 80 mil, dependendo dos contratos acertados a cada ano entre indígenas e a empresa de turismo. Geralmente, as visitações só acontecem por um período de 90 dias, entre julho e outubro, quando o rio Marmelos e afluentes estão mais secos.
Parintintin diz que a renda é utilizada de forma comunitária pelos indígenas, que investem no apoio aos estudantes, nas atividades culturais, em moradias, equipamentos, manutenção de veículos e motores, entre outros.
- Hoje se discute muito demarcação das terras indígenas, mas não se discute uma alternativa econômica para esses povos. Tem indígena que prefere ficar conforme sua cultura, mas tem outros que avançaram, que querem estudar, querem ter suas coisas e precisam de uma fonte de renda.
O coordenador da Funai, que pertence à etnia parintintin, conta que outro projeto de turismo na região está em discussão. Neste, a ideia é construir um hotel dentro do território indígena dos parintintins, o que ele chama de hotel de selva. O projeto, no entanto, ainda não é consenso na própria associação da comunidade indígena.

Bahia
Mesmo sem consultar a Funai, há cerca de quatro anos a empresária Maria Luíza da Silva Cruz, da Pataxó Turismo, já oferece pacotes turísticos para visitar aldeias indígenas próximas a Porto Seguro, no sul da Bahia.
Por R$ 799, o visitante compra um pacote que inclui trilhas, aulas de caça com técnicas indígenas, comida tradicional das aldeias pataxó, além de duas noites em um quijeme (oca), dormindo em tarimba (cama tradicional de madeira), rede ou esteira na aldeia da Jaqueira.
Maria Luíza conta que o turismo nestas aldeias começou após os próprios índios a procurarem e mostrarem interesse. Além do dinheiro repassado para as aldeias pela agência, os índios também lucram vendendo artesanato.
- É orgulho para os pataxós se mostrarem como índio. Há um trabalho de décadas de resgate da sua cultura, do idioma e de sua identidade. Eles já sofreram muito com o preconceito e acabaram incorporando muito da cultura urbana.

Cimi
A preservação da cultura indígena é justamente o ponto crítico da iniciativa na opinião do secretário-adjunto do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), Saulo Feitosa. Para ele, o contato dos índios com o turista pode causar prejuízo aos moradores das aldeias.
- Existe um preconceito com o indígena e, a não ser que seja um turismo solidário, étnico, e não visando apenas uma atividade lucrativa, pode causar um prejuízo para a cultura indígena, sem nenhum retorno positivo.
Para Feitosa, transformar as aldeias em pontos turísticos pode trazer para essas áreas problemas comuns a outros destinos de visitantes no país, como o turismo sexual e disseminação de doenças contagiosas.
O representante do Cimi, no entanto, amenizou a questão em relação às aldeias pataxós do sul da Bahia. Segundo ele, os índios daquela região possuem um contato maior com os brancos, o que faz das aldeias indígenas praticamente aldeias urbanas.
A Funai diz que seu papel é de resguardar, monitorar e fiscalizar as atividades nas aldeias, mas que as comunidades indígenas têm autonomia para explorar o turismo em seus territórios. (Fonte R7)