Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 27 de julho de 2011

S.O.S Alfabetização

Cada vez mais calouros universitários têm deficiências na habilidade de ler e escrever. Por exemplo, quase metade dos que entraram para a Universidade não passaram nos exames de seleção, na parte que tinha que ver com leitura e escrita.
De 30 a 50 por cento dos que fizeram vestibulares para programas de jornalismo, em várias universidades, não passaram nos testes básicos de soletração, pontuação e de emprego de palavras. A evidência é persuasiva de que os calouros universitários realmente lêem segundo o que costumava ser considerado um nível dos calouros do ginásio. Tentarão as universidades compensar tais deficiências?
Ensinar estudantes de per si a ler, escrever e a pensar não é certamente a finalidade da universidade. Até mesmo muitos estudantes brilhantes são incapazes de declarar, por escrito, de forma simples e clara, o que ele pretende dizer.Outro dado importante: aproximadamente 70% dos desempregados não sabem ler e escrever bem. Uma pesquisa para avaliar a capacidade de redação e compreensão de texto, de preencher formulários e de leitura de números, revelou que 36% tinham problema nas três áreas. Nas indústrias mais antigas, como agricultura, mineração, manufatura e construção, . . . o nível de alfabetização tende a ser mais baixo. Com empregos escasseando nesses setores, os trabalhadores que têm dificuldade em ler e escrever são especialmente vulneráveis a serem dispensados ou mandados embora. Ser semi-analfabeto hoje em dia significa ser cortado de um amplo leque de oportunidades de ascensão pessoal e profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.