Vídeos

Notícias - Google Notícias

CINEMA / Filmow - Notícias Populares

ESTE BLOG É INDEPENDENTE - NÃO RECEBE (E NEM QUER) SUBVENÇÃO DE QUALQUER PREFEITURA, GOVERNO DE ESTADO E MUITO MENOS DO GOVERNO FEDERAL - NÃO SOMOS UMA ONG OU FUNDAÇÃO, ASSOCIAÇÃO OU CENTRO CULTURAL E TAMBÉM NÃO SOMOS FINANCIADOS POR NENHUM PARTIDO POLÍTICO OU DENOMINAÇÃO RELIGIOSA - NÃO SOMOS FINANCIADOS PELO TRÁFICO DE DROGAS E/OU MILICIANOS - O OBSERVATÓRIO COMUNITÁRIO É UMA EXTENSÃO DO CAMPINARTE DICAS E FATOS - INFORMAÇÃO E ANÁLISE DAS REALIDADES E ASPIRAÇÕES COMUNITÁRIAS - GRATO PELA ATENÇÃO / HUAYRÃN RIBEIRO

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Como tirar outra identidade?

Eu não quero nem pensar no que vai acontecer se algum dia alguém pedir a minha identidade. Eu não tenho identidade, rasgaram a minha identidade. Pra falar a verdade eu tinha uma identidade, mas, me disseram que ela estava sem validade, que eu teria que renovar a minha identidade, teria que tirar outra identidade. Como tirar outra identidade? Não é normal outra identidade. Disseram-me que houve um lamentável engano e que eu preciso tirar uma outra identidade. Disseram-me que eu não sou branco e muito menos negro, tenho cor de envelope – sou pardo. Mesmo que fosse negro não seria negro, seria afro-descendente, mas para receber a minha nova identidade teria que adotar hábitos e costumes dos negros, digo, afro-descendentes dos Estados Unidos, esse seria o modelo e guia. Mesmo sendo afro-descendente teria (para receber a nova identidade) que negar todos os valores de meus ancestrais, ou melhor, poderia até enaltecê-los sim, mas, pela ótica dos meus irmãos americanos do norte (que não estão nem aí para os nossos ancestrais). Pelo o que eu entendi para tirar uma nova identidade tenho que me identificar, por exemplo, com o basquete e não com o futebol. Tenho que me identificar com a Estátua da Liberdade e não com o Cristo Redentor; tenho que me identificar com o cachorro-quente e não com a feijoada; samba nem pensar, carnaval nunca; vestir verde e amarelo jamais. Mas como tirar outra identidade? Eu sou da América do Sul! Disseram-me que até aí tudo bem e que isso não teria nenhuma importância, afinal de contas ninguém é perfeito mesmo, mas, que eu teria que agir, andar, falar, gesticular, ter os mesmos gostos, lutar e se for o caso até morrer como um americano do norte e de preferência pela América do Norte.
Como tirar outra identidade? Não faz sentido. Será necessário mudar de nome também? O meu nome é Paulo terei que mudar para Paul? Então é por isso que todo mundo chama o Severino de Bill, o danado já conseguiu a sua nova identidade e nem me falou nada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.